Terminou hoje a 3ª edição do FESTin – Festival de Cinema Itinerante da Língua Portuguesa, em Lisboa, no Cinema São Jorge, com a entrega dos prémios. O filme “Febre do Rato”, do realizador brasileiro Cláudio Assis, foi eleito como a melhor longa-metragem em competição e o filme “E Amanhã…”, do português Bruno Cativo, venceu o Prémio do Público para melhor longa-metragem em competição.

 

Longa-metragems

Melhor Filme

Febre do Rato de Cláudio Assis (Brasil)

 

Prémio do Público

E Amanhã de Bruno Cativo (Portugal)

 

Menções Honrosas

Trampolim do Forte de João Rodrigo Mattos (Brasil)

Amor? de João Jardim (Brasil)

 

Curtas-metragens

Melhor Filme

Todos os Balões vão para céu de Frederico Cabral (Brasil)

Marcovaldo de Cíntia Langie e Rafael Andreazza (Brasil)

 

Prémio do Público

A Fábrica de Aly Muritiba (Brasil)

 

Menções Honrosas

A Ponte de Diana Manhiça (Moçambique)

Revolução nos Rabelados Mário Benvindo Cabral (Cabo Verde)