Quatro anos depois da estreia de Mad Max: Estrada da Fúria(2015), filme que conseguiu juntar a aprovação dos críticos e do público, arrecadando vários milhões nas bilheteiras e 10 nomeações para os Óscares 2016 (e vencendo 6 estatuetas douradas), o realizador George Miller partilhou em entrevista ao IndieWire os seus planos para o futuro da saga.

O realizador australiano confirmou a existência de duas histórias planeadas: Há duas histórias, ambas envolvendo Mad Max, e uma envolvendo Furiosa. Ainda estamos em fase de resolução na situação com a Warner Bros, mas é muito claro que [as sequelas] vão acontecer.

A “situação com a Warner Bros que Miller refere trata-se de uma batalha legal com o estúdio, em que a produtora de Miller, Kennedy Miller Mitchell processou a Warners por lucros do filme que não foram devidamente pagos.

De qualquer forma, George Miller diz que as sequelas não começarão a ser preparadas antes do término do seu próximo filmeThree Thousand Years of Longing, um épico protagonizado por Idris Elba e Tilda Swinton. O filme encontra-se em fase de pré-produção e tem as gravações marcadas para o início do próximo ano.