martin-scorsese-dicaprio-apple-netflix

Martin Scorsese negoceia com Apple e Netflix sobre distribuição do seu próximo filme

De acordo com uma reportagem do Wall Street Journal, os custos elevados do novo filme de Martin Scorsese, “Killers of the Flower Moon”, forçaram o realizador a procurar novos parceiros para além da Paramount.

Baseado no romance de sucesso “Killers of The Flower Moon: The Osage Murders and the Birth of the FBI”, de David Grann, o filme conta a história de uma série de assassinatos investigados pelo FBI em Oklahoma, nos Estados Unidos, que tiveram como alvo famílias indígenas que ficaram ricas com petróleo, conhecidos como os Osage, e terá como protagonistas Leonardo DiCaprio e Robert De Niro.

Já não é a primeira vez que o estúdio Paramount tem de recusar um filme deste realizador devido a orçamentos muito elevados (mais de 200 milhões de dólares), sendo que o famoso “The Irishman” seguiu o mesmo caminho e acabou por ser adquirido pela Netflix.

Scorsese também ponderou a hipótese de falar com a MGM ou a Universal, mas a Paramount preferiu um negócio em que o estúdio pudesse na mesma ser aceite como financiadora ou distribuidora. Assim, estão a ser feitas negociações entre o realizador e a Apple (para a Apple TV+) e a Netflix para produzir e/ou distribuir o seu novo filme, que deverá estrear em 2021.