adivinha-quem-vem-jantar-1967-1

MICAR 2022: diálogos e a possibilidade política de ação transfronteiriça

De 7 a 9 de outubro, a 9.ª edição da MICAR – Mostra Internacional de Cinema Anti-racista, a única mostra de cinema do género em Portugal, promovida pela SOS Racismo, apresenta 16 filmes que vão desde as questões do racismo, das migrações e do combate à extrema direita ou a pesada herança do colonialismo.

Este ano, a MICAR propõe-se a “questionar o centro, a abrir buracos nas suas fronteiras, mostrar a violência e o racismo de que são feitas; a ajudar-nos a confrontar o centro, os seus discursos e as racionalizações das desigualdades que propagam, tornar visível o privilégio e a exploração que os mantém em pé; e a impelir-nos a abrir o espaço da fronteira ao reconhecimento, reparação e afirmação das periferias, a criar um espaço de diálogo e possibilidade política, de expressão, de colaboração, de ação transfronteiriça por uma sociedade mais justa e mais igual.”

“Centros e periferias, locais e globais, marcam as fronteiras entre comunidades, regiões e povos, e promovem a organização espacial e simbólica de desigualdades múltiplas, a dispersão não-aleatória de condições materiais de vida e da sujeição dos corpos a formas distintas de controlo. Do centro para a periferia cresce a pobreza, a coerção disciplinar das instituições do(s) Estado(s), a violência policial, o abandono de cada um e cada uma à sua sorte.”, lê-se no comunicado da mostra de cinema que irá decorrer durante três dias, no Teatro Municipal do Porto – Rivoli, com entrada gratuita.

“Alcindo”, de Miguel Dores.

“Alcindo”, de Miguel Dores, premiado no Doclisboa em 2021, e em estreia no Porto, documentário sobre a morte de Alcindo Monteiro no Bairro Alto em 1995, vai ser o filme de abertura, no dia 7 de outubro. A sessão cotará com a presença do realizador para um debate sobre o filme, no final.

Antes da sessão de abertura será feita uma sessão de homenagem ao ator Sidney Poitier, pelas 18h15, com a exibição do filme “Adivinha quem vem jantar” (1967), de Stanley Kramer. Poitier é um símbolo da luta contra o racismo nos EUA e foi o primeiro ator negro a conquistar o Óscar de Melhor Ator com o filme “Lilies of the Field” (1963).

Destaca-se também para o filme “Espero tua (Re)volta”, da realizadora brasileira Eliza Capai, no dia 8. Este será um filme importante para ler algumas das tensões atuais da democracia brasileira e contará no final com a participação, em debate, do músico Luca Argel. As questões do Brasil atual estarão ainda presentes e em debate no dia 9, a partir do filme “Fordlândia Malaise”, de Susana Sousa Dias, numa sessão que contará com a presença, em debate, da própria realizadora.

Destaque ainda para filmes premiados como “Distopia”, de Tiago Afonso, “Tarrafal”, de Pedro Neves, e ainda o filme “Jamaika”, de José Sarmento Matos.

Sexta-feira | 07 de Outubro 2022

MICARzinha | sessão para 1.º e 2.º ciclo | 10h00
Dúdú e o lápis cor da pele, de Miguel Rodrigues | Brasil | 2018 | 19′
Migrants, de H. Caby, L. Lermytte, Z. Devise, A. Dupriez, A. Kubiak | França | 2020 | 8′
Senhelo Calhum, de CCDEA — UCP | Portugal | 2021 | 10′

MICARzinha | sessão para 3.º ciclo e secundário | 11h30
Flee, de Jonas Poher Rasmussen | Dinamarca | 2021 | 1h29′

Homenagem a Sidney Poitier
Adivinha quem vem jantar, de Stanley Kramer | EUA | 1967 | 1h48′

Sessão de abertura
Alcindo, de Miguel Dores | Portugal | 2021 | 1h17′

Sábado | 8 de Outubro de 2022
Mur Murs, de Agnès Varda – França • EUA | 1981 | 1h22′
Distopia, de Tiago Afonso | Portugal | 2021 | 1h02′ (debate com Tiago Afonso e Ana Rita Alves)
Tarrafal, de Pedro Neves | Portugal | 2016 | 1h31´(apresentação com Pedro Neves)
Espero tua (re)volta, de Eliza Capai | Brasil | 2019 | 1h33′ (debate com Luca Argel)

Domingo | 9 de Outubro de 2022

Sessão das 15h15 | Sessão de Curtas-metragens (debate com Mamadou Ba)
The Wait, de Nayeem Mahbub Bangladesh • Portugal | 2013 | 8′
Jamaika, de José Sarmento Matos | Portugal | 2021 | 15′
Meeting The Man: James Baldwin in Paris, de Terence Dixon| Reino Unido • França | 1970 | 27′

Nós Viemos, de José Vieira | Portugal • França | 2021 | 1h06′ (debate com Humans Before Borders)
Fordlândia Malaise, de Susana de Sousa Dias | Portugal • Brasil | 2019 | 42′ (debate com Susana de Sousa Dias)

Sessão de Encerramento
Soleil Ô, de Med Hondo | Mauritânia • França | 1970 | 1h44′

Fonte: MICAR 2022

MICAR-2022-1

Skip to content