Tio Tomás, A Contabilidade dos Dias“, de Regina Pessoa, venceu, no passado dia 20 de outubro, o prémio de Melhor Realização, na 10.ª edição do Animage – Festival Internacional de Animação de Pernambuco, no Brasil.

O júri, composto por Neco Tabosa, Paulo Leonardo e Liana Vila Nova, distinguiu Regina Pessoa “pela arte em orquestrar uma grande equipe mantendo seu estilo poético e singular”.

“Tio Tomás, A Contabilidade dos Dias” é uma curta-metragem de 13 minutos que representa um testemunho do amor de Regina Pessoa pelo seu tio excêntrico, uma pessoa que se tornou uma inspiração artística e desempenhou um papel fundamental no desenvolvimento da artista como cineasta. “Este filme pretende ser uma homenagem ao meu tio Tomás, um homem humilde e um pouco excêntrico que teve uma vida simples e anónima. Com este filme eu gostaria de testemunhar como não é preciso ser-se alguém para se ser excepcional na nossa vida.” – Regina Pessoa. O cineasta Abi Feijó assina a edição desta nova obra de Regina Pessoa.

O filme é distribuído e promovido pela Agência da Curta Metragem e co-produzido entre Portugal (Abi FeijóCiclope Filmes), França (Reginald de Guillebon, Les Armateurs) e Canadá (Julie Roy, ONF).

O filme vai agora integrar a secção competitiva internacional e o Prémio António Gaio da 43.ª edição do Cinanima, em Portugal, a decorrer de 11 a 17 de novembro.

Ainda no Animage, a curta “Purpleboy”, de Alexandre Siqueira, uma produção entre Portugal (Rodrigo Areias), França e Bélgica, venceu o Grande Prémio Animage de Melhor Curta. “Purpleboy” é uma animação que aborda, de forma poética e afetiva, uma realidade cultural complexa, e cada vez mais fraturante em várias sociedades mais conservadoras. O filme estreou no Curtas Vila do Conde 2019 e conta já no seu curriculum com o importante Prémio Arte do MIFA Pitching do prestigiado Festival international du film d’animation d’Annecy, o mais importante do cinema de animação.