Morreu este domingo (30 de julho) o ator, dramaturgo e escritor norte-americano Sam Shepard, após complicações provocadas por uma Esclerose Lateral Amiotrófica. Tinha 73 anos.

Sam Shepard foi autor de vários livros e de mais de 44 peças de teatro, tendo recebido o Prémio Pulitzer na categoria Teatro em 1979, pela sua peça “Buried Child”. Shepard era visto o maior dramaturgo americano da sua geração.

No cinema destacou-se em filmes como “Dash and Lilly” (1999), Diário de uma Morte Anunciada” (1994), “Cercados” (2001), “O Assassino do Presidente” (2003) e “Um Quente Agosto” (2013). Em “Os Eleitos” (1983), de Philip Kaufman, recebeu uma nomeação ao Óscar de Melhor Ator Secundário. “Batalha Incerta” (2016) de James Franco e “Never Here” de Camille Thoman são os últimos trabalhos como ator em que podemos ver Shepard.