Cine Clube de Viseu (CCV) divulgou a lista dos filmes seleccionados para a 8ª edição do VISTACURTA – Festival de Curtas de Viseu, com um programa que “pretende ser um ponto de encontro em volta do cinema independente associado à região de Viseu, mostrando também a produção nacional que interpela a interioridade”.

São cinco filmes que competem no Vistacurta 2017 na secção Produção Local, dedicada a filmes realizados no distrito de Viseu, por autores de Viseu, ou sobre temas e realidades transversais à região: “Feliz dia das Bruxas” de Pedro Sá e Tânia Sousa, “Depois do Ocaso” de Patrícia Matos, “Fosso” de Rui Costa, “Para lá do Marão” de José Fernandes e “Incrediblue” de Roberto Santos.

Este ano, pela primeira vez, foi criada a secção Aqui na Terra, que abrange a produção de âmbito nacional que interpela a interioridade – partindo de “Aqui na Terra” de João Botelho, que reflectia sobre um país de altos contrastes e grandes clivagens sociais chamado Portugal, valorizando a importância de uma prática política e artística no cinema. Esta secção é composta por dez filmes: “Ascensão” de Pedro Peralta, “Água Mole” de Laura Gonçalves e Alexandra Ramires, “Setembro” de Leonor Noivo, “Borda D’Água” de Miguel Canaverde e João Viegas, “Penúmbria” de Eduardo Brito, “O Homem de Trás-os-Montes” de Miguel Moraes Cabral, “O Homem Eterno” de Luís Costa, “Cidade Pequena” de Diogo Costa Amarante, “Limoeiro” de Joana Silva e “Campo de Víboras” de Cristèle Alves Meira.

Um dos momentos altos desta edição é a exibição de uma obra maior do cinema mudo português, “Mulheres da Beira” (1923) de Rino Lupo, em homenagem à Revista Beira Alta. O filme será apresentado por Tiago Baptista, director do Arquivo Nacional das Imagens em Movimento, o centro de conservação da Cinemateca Portuguesa-Museu do Cinema.

Para além dos filmes em competição, haverá ainda masterclass, longas-metragens, concertos e muitos convidados.

Programa
27 setembro
Curtas em Competição: Produção Local –
 
21h – IPDJ
Feliz dia das Bruxas, de Pedro Sá e Tânia Sousa
Depois do Ocaso, de Patrícia Matos
Fosso, de Rui Costa
Para lá do Marão, de José Fernandes
Incrediblue, de Roberto Santos

22h – IPDJ
Mulheres da Beira, de Rino Lupo, Portugal 1923, 71′

28 setembro
Curtas em Competição: Aqui na Terra (Produção Nacional) – 21h – IPDJ
Ascensão, de Pedro Peralta
Água Mole, de Laura Gonçalves e Alexandra Ramires
Setembro, de Leonor Noivo

22h – IPDJ
António, Lindo António, de Ana Maria Gomes, Portugal 2015, 43′

29 setembro
17h  – IPDJ
Workshop com José Filipe Costa

Curtas em Competição: Aqui na Terra (Produção Nacional) – 21h – IPDJ
Borda D’Água, de Miguel Canaverde e João Viegas
Penúmbria, de Eduardo Brito
O Homem de Trás-os-Montes, de Miguel Moraes Cabral

Curtas em Competição: Aqui na Terra (Produção Nacional) – 22h – IPDJ
O Homem Eterno, de Luís Costa
Cidade Pequena, de Diogo Costa Amarante
Limoeiro, de Joana Silva
Campo de Víboras, de Cristèle Alves Meira

17h  – Carmo 81
DJ/VJ set com CÉSAR ZEMBLA e JOÃO PEDRO GOMES

30 setembro
15h  – Teatro Viriato
“4 Mãos” – Concerto para piano e desenho, com Filipe Raposo e António Jorge Gonçalves

16h  – Teatro Viriato
Pensar o Cinema: Encontros, Masterclass – João Gusmão à conversa sobre Argumento para Cinema

21h  – IPDJ
Sessão de Encerramento – Prémios VistaCurta 2017

21h30 – IPDJ
O Espectador Espantado, de Edgar Pêra, Portugal 2016, 70′

Fonte: VISTACURTA