“A Fuga das Galinhas” e “Wallace & Gromit”: Netflix anuncia sequelas

Na última quinta-feira (20), a Netflix anunciou que a sequência do clássico “A Fuga das Galinhas” se chamará “Chicken Run: Dawn of the Nugget” (ainda sem tradução para o português). O filme estreia em 2023 exclusivamente na plataforma de streaming – mais de 20 anos depois do original, conforme tínhamos aqui anunciado.

De acordo com as informações iniciais, a trama da animação mostrará Ginger e Rocky após a fuga da fazenda dos Tweedy (Miranda Richardson e Tony Haygarth). Apesar da tranquilidade, a dupla será chamada para lidar com uma nova ameaça que pode colocar a vida de todos as galinhas em risco.

O elenco de voz do original tinha nomes como o ganhador do Óscar de Melhor Realizador Mel Gibson (“Braveheart – O Desafio do Guerreiro”), a duas vezes indicada ao Óscar Miranda Richardson (“Franquia Harry Potter” e Relações Proibidas”), o ganhador do Prémio de interpretação masculina em Cannes Timothy Spall (“Franquia Harry Potter”,Uma História de Encantar” e “Spencer”) e a indicada ao Óscar de Melhor Actriz Principal Imelda Staunton.

Contudo, os personagens serão dublados por novos atores: Zachary Levi (“Shazam!”) substituirá Gibson como Rocky; Thandiwe Newton (“Westworld”) será Ginger; e Bella Ramsey, de Game of Thrones” e “Last of Us”, dará voz a Molly. 

Imelda Staunton (“Franquia Harry Potter” e “The Crown”), Jane Horrocks (“The Road to Coronation Street”), e Lynn Ferguson (“Bloody Hands”) reprisam seus papéis, enquanto Josie Sedgwick-Davies (“The Hound & the Rabbit”)David Bradley (“Franquia Harry Potter” e “Game of Thrones”), Romesh Ranganathan (“A League of They Own”) e Daniel Mays (“Des”), estão entre as novas adições.

Recordamos que a animação “A Fuga das Galinhas”, é a animação em stop-motion com a maior bilheteria da história. Nesse sentido, em números, nos anos 2000, “A Fuga das Galinhas” arrecadou quase US$ 225 milhões em bilheterias e se tornou a animação stop-motion mais rentável de todos os tempos, segundo a Variety.

Ginger, Rocky e as galinhas

A sequência da Netflix será dirigida por Sam Fell, que dirigiu produções como “ParaNorman” (tendo sido indicado ao Óscar de Melhor Animação) e “Flushed Away” – terceiro e último filme a ser co-produzido pela Aardman Animations e pela DreamWorks Animation, depois de “A Fuga das Galinhas” e “Wallace & Gromit: A Maldição do Coelhomem”, além de ser o primeiro filme de animação computadorizada da Aardman, que até então havia produzido somente filmes em stop-motion.

A produção executiva da animação ficou nas mãos de Peter LordCarla ShelleyKarey Kirkpatrick e Nick Park.

 

Wallace & Gromit

Além de “Chicken Run: Dawn of the Nugget”, a Netflix anunciou que “Wallace & Gromit: A Maldição do Coelhomem”, outro clássico da Aardman Animations, ganhará uma continuação em 2024. O filme será o primeiro a contar com os personagens desde “Wallace & Gromit: Um Caso do Cacete”, de 2008 – após mais de 15 anos do lançamento de “Wallace & Gromit: A Maldição do Coelhomem”.

A dupla Wallace & Gromit

O filme vai estrear exclusivamente no streaming em todo o mundo, exceto no Reino Unido, onde vai estrear primeiro na BBC: uma jogada apropriada, já que a emissora pública sempre foi sua casa natal (e, como qualquer pessoa na Inglaterra sabe, transformou suas velhas aventuras na playlist festiva do Beeb nas últimas duas décadas). 

Destacamos que as produções baseadas em Wallace e Gromit foram indicadas ao ÓscarBAFTA e Emmy Internacional, vencendo diversas categorias, como por exemplo: o Óscar de Melhor Curta-Metragem, o BAFTA de melhor curta-metragem de animação e o Emmy Internacional de Artes Populares para “Wallace & Gromit: A Tosquiadela”, o Óscar de Melhor Filme de Animação para “Wallace & Gromit: A Maldição do Coelhomem” e uma indicação ao Óscar de Melhor Curta-Metragem de Animação para “Wallace & Gromit: Um Caso do Cacete”.

Nick Park, que dirigiu o primeiro filme, volta como realizador junto de Merlin Crossingham. – Park é também o criador da maravilhosa série infantil britânica A Ovelha Choné”. A série é transmitida no Brasil pela TV Cultura e já foi exibida também pelo canal pago Jetix (atual Disney XD) dentro do programa Os Curtinhas do Dudinha Curtinha, em Portugal nas emissoras Canal PandaRTP 2 (Zig Zag), RTP AçoresNickelodeon e também no Disney Channel. Um detalhe cômico é que Shaun protagonista de A Ovelha Chonéé visto pela primeira vez em Wallace & Gromit: A Tosquiadela.

Nick Park

O argumento original ficou com Mark Burton de Madagáscar (2005), “A Idade da Pedra” (2018) e Paddington 3.

Segundo um comunicado enviado à imprensa (via Collider):Nick sempre quis – na verdade, precisou – continuar as aventuras desses dois personagens que ele conhece tão bem.”

Neste mesmo comunicado, Sean Clarke da Aardman comentou:

“Wallace e Gromit são tão amados por todos na Aardman – eles são como uma família para nós, e não poderíamos estar mais empolgados em criar um novo filme para eles estrelarem. Quando Nick veio com a ideia de um ‘gnomo inteligente’, todos concordamos que Wallace acharia a ideia irresistível. Temos certeza de que o público também achará a história irresistível”.

Na trama, Gromit ficará preocupado que Wallace está muito dependente de suas invenções. As coisas ficam tensas quando Wallace inventa um ser inteligente que desenvolve uma consciência própria, fazendo com que os planos iniciais saiam do controle.

Confira a sinopse do novo filme [via Collider]: “A preocupação de Gromit de que Wallace se tornou excessivamente dependente de suas invenções se mostra justificada quando o cientista inventa um “gnomo inteligente”, que parece desenvolver uma mente própria. À medida que os eventos saem do controle, cabe a Gromit deixar de lado seus escrúpulos e lutar contra forças sinistras – ou Wallace pode nunca mais ser capaz de inventar novamente!”

 

 

Skip to content