Chris Rock planeia remake de “Mais Uma Rodada”, de Thomas Vinterberg

Chris Rock "Mais uma Rodada" Chris Rock "Mais uma Rodada"
Chris Rock (Fonte: Getty)

O ator Chris Rock está a caminho de realizar o remake de “Mais Uma Rodada”, o bem sucedido filme de Thomas Vinterberg, de 2020, que venceu o Óscar para Melhor Filme Internacional.

Se o projeto se tornar uma realidade, esta será a segunda vez que Rock realiza a versão americana de um filme europeu, depois de “Acho que Gosto da Minha Mulher” (2007), versão de “O Amor às Três da Tarde” (1972), de Éric Rohmer.

O esboço do argumento foi desenhado por Stuart Bloomberg e na escrita da sua versão final estará envolvido um outro argumentista para trabalhar a par de Chris Rock.

A produção é da responsabilidade da Appian Way (Jennifer Davisson e Leonardo DiCaprio) e Makeready (Brad Weston e Collin Creighton).

No original de “Mais Uma Rodada”, Mads Mikkelsen é o protagonista de uma história que gira em torno de um grupo de professores de liceu que dão início a uma experiência sobre o nível de embriaguez que conseguem suportar na sua vida do dia a dia e como isso os ajuda a aumentar a criatividade e a felicidade.

Para Chris Rock esta não é, pois, a estreia na realização e para o futuro tem já planos para um outro projeto, a adaptação da obra de Jonathan Eig, “King: A Life”, a cinema: a biografia de Martin Luther King, para a Universal Pictures, em que Steven Spielberg participa como produtor executivo.

Rock é conhecido sobretudo por “Topo Cinco” (2014), mas antes disso já havia estado atrás das câmaras em “Chefe de Estado” (2003) e o mencionado “Acho que Gosto da Minha Mulher” (2007). Como ator, esteve envolvido mais recentemente em Rustin e “Chamem-me Dolemite”.

Skip to content