Cinema BOLD estreia 3 filmes de Ruben Östlund comercialmente inéditos em Portugal

play-ruben-ostlund-2011-1

A Cinema BOLD (marca da distribuidora Alambique Filmes) vai estrear três filmes do cineasta sueco Ruben Östlund, que nunca tiveram estreia comercial em Portugal: “O Guitarrista” (2004), “Involuntário” (2008) e “Play” (2011).

O lançamento destes filmes surge a propósito da estreia nacional do novo filme de Östlund, “Triângulo da Tristeza”, vencedor da Palma de Ouro no Festival de Cannes este ano, nos cinemas a 13 de outubro.

Os filmes terão estreia exclusiva no Cinema Fernando Lopes em Lisboa, e na Casa do Cinema em Coimbra e em simultâneo ficarão também disponíveis na plataforma Filmin Portugal.

“Esta é uma oportunidade imperdível para ficar a conhecer aquelas que são as primeiras obras de um dos mais conceituados e premiados realizadores europeus contemporâneos. Ao vencer a sua segunda Palma de Ouro na edição do Festival de Cannes deste ano, Ruben Östlund tornou-se também um dos raros cineastas a ganhar por duas vezes aquele que é o prémio principal de um dos maiores festivais de cinema do mundo.”, lê-se em comunicado da distribuidora.

O Cinema Fernando Lopes, que reabriu no início de outubro com uma programação de estreias e mostras exclusivas, vai exibir ainda os filmes “Força Maior” (2014) e “O Quadrado” (2017). “Desta forma, fica assim completa aquela que é uma retrospectiva quase integral da obra cinematográfica de Ruben Östlund, promovida pelo Cinema Fernando Lopes, com o apoio da Alambique, Cinema BOLD, da plataforma FILMIN e da Antena 3.”

A Cinema Bold, marca paralela criada em 2016 pela Alambique Filmes, está de regresso, depois de uma interrupção durante a pandemia, agora com um filme por mês, sempre na primeira semana. Os filmes terão sempre estreia nos cinemas e serão disponibilizados em DVD, em serviço VOD e na plataforma de streaming FILMIN, no mesmo dia.

O novo arranque da BOLD começou já este mês com a estreia do norueguês “Os Inocentes”, de Eskil Vogt, um thriller sobrenatural que aborda com arte e engenho a banalidade da malícia, que já se encontra disponível na Filmin.

Skip to content