À medida que se aproxima o dia 1 de junho, a nova fase do plano de desconfinamento anunciado pelo governo, as salas de cinema começam a anunciar datas para a reabertura das mesmas.

A Castello Lopes Cinemas anunciou a a reabertura das suas mais de 30 salas, distribuídas por 6 cinemas, na próxima quinta-feira, dia 4 de junho. Assim, reabrem as salas Castello Lopes Espaço Guimarães, Castello Lopes GuimarãeShopping, Castello Lopes TorreShopping (Torres Novas), Castello Lopes W Shopping (Santarém), Castello Lopes Alegro Sintra e Castello Lopes Forum Barreiro. A Castello Lopes Cinemas encerrou as portas das suas salas a 13 de março.

“É com grande alegria que anunciamos que os cinemas Castello Lopes reabrem na próxima quinta-feira, dia 4 de junho. A programação será publicada no nosso site no início da próxima semana. Estamos ansiosos por voltar a ver-vos”, lê-se no comunicado do Facebook da Castello Lopes.

Em Cascais, o Cinema da Villa, que também encerrou a sala a 13 de março, anunciou a reabertura para a mesma data, 4 de junho.

“Atenção vila de Cascais! O Cinema da Villa tem data para a reabertura e estamos ansiosos por voltar a proporcionar grandes momentos cinematográficos aos nossos cascalenses, cumprindo todas as diretrizes oficiais e os procedimentos obrigatórios. Contamos com o vosso sempre presente apoio a partir do dia 4 de junho. Reabrimos com os filmes que tão pouco tempo estiveram em cartaz, mas merecedores de toda a atenção. No início da próxima semana, anunciaremos as estreias e será possível consultar os horários das mesmas aqui no nosso site”, lê-se no comunicado do site do Cinema da Villa.

“Os Tradutores”, de Régis Roinsard, “Quarto 212”, de Christophe Honoré, estreiam a 4 de junho nos cinemas nacionais.

As salas de cinema que já anunciaram data da sua reabertura são: o Cinema Trindade no Porto (1 de junho), o Cinema Ideal em Lisboa (1 de junho), a Cinemateca em Lisboa (1 de junho), o Teatro Académico de Gil Vicente em Coimbra (1 de junho), o Cinema Charlot em Setúbal (8 de junho) e o Cinema Nimas em Lisboa (10 de junho).

Entretanto, o Instituto do Cinema e Audiovisual (ICA) disponibilizou no seu site um conjunto de regras e normas exigidas para a reabertura das salas de cinema, de espetáculo e eventos culturais ao ar livre em Portugal a partir de 1 de junho.