O destaque da semana é “Mel” (“Bal” 2010), do realizador turco Semih Kaplanoglu, que foi o vencedor surpresa do Festival de Berlim 2010, tendo ganho o Urso de Ouro. É o último filme de uma trilogia sobre a infância e adolescência, “Yumurta” (2007) e “Süt” (2008 ). “Mel” estreia hoje nas salas nacionais.

 

Numa aldeia remota da Turquia vive o pequeno Yusuf (Bora Altas), de seis anos. O pai (Erdal Besikcioglu) é apicultor e é na floresta que encontra o sustento da família. Mas as abelhas escasseiam, obrigando-o a afastar-se cada vez mais de casa. Uma noite, o pai não regressa. E Yusuf deixa de conseguir expressar-se por palavras.