A 25ª edição da entrega dos prémios dos European Film Awards, organizada pela Academia Europeia de Cinema, decorreu no passado sábado em Malta, tendo atribuído o prémio de Melhor Filme Europeu de 2012 a “Amour”, de Michael Haneke. “Amour” venceu ainda em três categorias, Melhor Realizador, Melhor Ator (Jean-Louis Trintignant) e Melhor Atriz (Emmanuelle Riva). “Shame”, de Steve McQueen, venceu em duas categorias, Melhor Cinematógrafo (Sean Bobbitt) e Melhor Editor (Joe Walker). “Tinker Tailor Soldier Spy”, de Tomas Alfredson, venceu também em duas categorias técnicas, Melhor Compositor (Alberto Iglesias) e Melhor Produtor de Design (Maria Djurkovic).

 

Durante a cerimónia não se esqueceu a crise na Europa, tendo grande parte dos discursos sido direcionados para as políticas e economias europeias. A atriz inglesa Helen Mirren recebeu o Prémio Desempenho no Cinema Mundial e o realizador italiano Bernardo Bertolucci recebeu o Prémio Carreira.

 

 

Melhor Filme Europeu

Amour, de Michael Haneke

 

Melhor Realizador

Michael Haneke, por Amour

 

Melhor Ator

Jean-Louis Trintignant, em Amour

 

Melhor Atriz

Emmanuelle Riva, em Amour

 

Melhor Argumentista

Thomas Vinterberg, Tobias Lindholm, por The Hunt

 

Melhor Cinematógrafo

Sean Bobbitt, por Shame

 

Melhor Editor

Joe Walker, por Shame

 

Melhor Design de Produção

Maria Djurkovic, por Tinker Tailor Soldier Spy

 

Melhor Documentário

Winter Nomads, de Manuel Stürler

 

Melhor Compositor

Alberto Iglesias, por Tinker Tailor Soldier Spy

 

Prémio Revelação – FIPRESCI

Kauwboy, de Boudewijn Koole (Holanda)

 

Melhor Filme de Animação

Alois Nebel, de Tomáš Luňák

 

People’s Choice Award

Hasta la Vista! (Hasta la Vista!), de Geoffrey Enthoven – Bélgica

 

Prémio Carreira

Bernardo Bertolucci

 

Prémio Desempenho no Cinema Mundial

Helen Mirren

 

Melhor Curta-Metragem Europeia

Superman, Spiderman or Batman, de Tudor Girugiu (Roménia)