luis-urbano-EFA-2020

European Film Awards 2020: Luís Urbano recebe o Prémio Eurimages Co-production

O produtor português Luís Urbano, da produtora “O Som e a Fúria”, foi distinguido com o prémio Eurimages Co-production Award 2020 na 33.ª edição da European Film Awards (Prémios do Cinema Europeu).

Este prémio reconhece o papel decisivo das co-produções na promoção do intercâmbio internacional, e foi entregue a Luís Urbano que, em 1996, fundou a cooperativa de produção cultural “Curtas Metragens, CRL” a organização do Festival Internacional de Curtas Metragens de Vila do Conde. Foi um dos realizadores do festival até 2004 e em 2000 liderou a Agência Portuguesa de Curtas Metragens.

Em 2005 ingressou em Sandro Aguilar na produtora “O Som e a Fúria”. Desde então, tem produzido diversos filmes de realizadores de renome entre os quais Miguel Gomes, João Nicolau, Sandro Aguilar, Salomé Lamas e Manoel de Oliveira. Também produziu “Tabu” (2012), de Miguel Gomes, “Cartas da Guerra” (2016) e “Hotel Império” (2018), de Ivo M. Ferreira. Recentemente, produziu e / ou co-produziu “Como Fernando Pessoa Salvou Portugal”, de Eugène Green, “Frankie”, de Ira Sachs, “Technoboss”, de João Nicolau e “Patrick”, de Gonçalo Waddington. EURIMAGES apoiou a sua empresa como produtor delegado da trilogia de “As Mil e Uma Noites”, de Miguel Gomes, “Eldorado XXI”, de Salomé Lamas e o referido “Patrick”, de Gonçalo Waddington.

Luís Urbano foi também Produtor EFP em Movimento, Cannes 2007.

 

Skip to content