Ray Liotta, astro de “Tudo Bons Rapazes”, morre aos 67 anos

Hollywood está se recuperando da trágica notícia de que a estrela de “Tudo Bons Rapazes” e “Campo de Sonhos”, Ray Liotta, morreu aos 67 anos. Os detalhes de sua morte, incluindo a causa, são atualmente desconhecidos.

Foto: Larry Busacca/Getty Images for Tribeca Film Festival)

O Deadline informou que o ator vencedor do Emmy morreu enquanto dormia na República Dominicana, onde estava trabalhando em um novo projeto,“Dangerous Waters”. Ele deixa sua filha Karsen e sua noiva Jacy Nittolo.

De acordo com o The Independent UK, Liotta não morreu no set, mas sim enquanto dormia entre as ligações, embora nenhum contexto adicional tenha sido relatado. A Variety se tornou o primeiro veículo a confirmar essa informação com o agente de Liotta.

 

Trajetória

Ray Liotta começou a atuar em 1978 com seu papel como Joey Perrini na novela “Another World”, na qual permaneceu por três anos (via IMDb). Liotta trabalhou em vários filmes e programas de televisão antes de conseguir seu papel de destaque em “Tudo Bons Rapazes”, de 1990, no qual estrelou ao lado de Robert De Niro e Joe Pesci.

Outros papéis notáveis ​​no cinema para Liotta incluem “Hannibal” de 2001, “Identidade Misteriosa” de 2003, “Como Um Trovão” de 2012, “História de um Casamento” de 2019 e – mais recentemente – “Os Muitos Santos de Newark” de 2021.

Ray Liotta em “História de um Casamento”

Ele também estrelou a minissérie de 2015 “Texas Rising”, bem como a série dramática “Shades of Blue”, que decorreu de 2015 a 2018. Embora nunca tenha sido um queridinho dos prêmios, Liotta também teve alguns projetos futuros, incluindo a série da Apple + “Black Bird”, que está programada para estrear em julho deste ano.

Os outros projetos póstumos incluem “El Tonto”, “Cocaine Bear”, “The Substance” e “April 29, 1992”, bem como “Dangerous Waters”.

 

Legado

Embora Liotta nunca tenha se tornado o protagonista que muitos especialistas esperavam que ele seguisse “Tudo Bons Rapazes”, ele sempre encontrou trabalho em filmes, programas de TV e no teatro.

A página de Liotta no IMDb lista 126 créditos, incluindo projetos que ainda estavam sendo filmados no momento de sua morte. Os cineastas sempre podiam contar com ele para interpretar um vilão convincente, embora sua obra tenha uma gama diversificada de papéis e joias escondidas que merecem ser reavaliadas.

 Joe Pesci e Ray Liotta em “Tudo Bons Rapazes”

A notícia da morte de Liotta é ainda mais triste sabendo que ele ainda era um artista muito ativo com mais a oferecer até o final. De fato, ele experimentou um renascimento de carreira nos últimos anos graças a “Os Muitos Santos de Newark”, “História de um Casamento” e “Nem um Passo em Falso”.

 

Último trabalho

Segundo o IMDb, “Cocaine Bear” é o projeto final que Ray Liotta completou antes de sua morte. Inspirado na infame história real de Pablo Escobear, o thriller dirigido por Elizabeth Banks segue um urso que sai em uma fúria assassina pelo Kentucky depois de consumir uma mochila cheia de cocaína. A história verdadeira não envolveu nenhum massacre em massa, então a premissa deve ser tomada com uma pitada de sal. Dito isto, o filme soa como se fosse um caso pardo.

Detalhes relativos a “Cocaine Bear” estão sendo mantidos em sigilo por enquanto. No entanto, além de Liotta, Banks dirigirá um elenco de alto nível que inclui Keri Russell, Alden Ehrenreich, O’Shea Jackson e Jesse Tyler Ferguson. Por enquanto, não há informações sobre os personagens que eles interpretarão no filme, mas seu envolvimento, aliado à premissa única, torna este entretenimento imperdível.

“Cocaine Bear” está programado para ser lançado em algum momento de 2023.

 

 

 

 

Skip to content