RTP2 dedica Ciclo de Cinema a Satyajit Ray

Depois de um ciclo dedicado ao cinema português, a RTP2 dedica durante o mês de maio um ciclo de cinema ao cineasta indiano Satyajit Ray“um dos grandes mestres do cinema mundial que ficou conhecido pela sua abordagem humanista à linguagem cinematográfica”.

Satyajit Ray é tido como um dos mais importantes realizadores do oriente, que se estreou com a Trilogia de Apu, sucesso instantâneo no ocidente, composta por “O Lamento da Vereda” (1955), “O Invencível” (1956) e “O Mundo de Apu” (1959). O ciclo, composto por quatro filmes dos anos de 1960, conta com um dos seus grandes clássicos, “A Grande Cidade” (1963).

“Os filmes de Satyajit Ray foram realizados em bengali, a língua falada no estado oriental da Índia (West Bengal), e retratam realidades da raça humana, tais como: relacionamentos, emoções, luta, conflitos, alegrias e tristezas. Ele criou objetos que retratam uma sensibilidade portentosa sem o uso do melodrama ou excessos dramáticos. Embora inicialmente inspirado na tradição neorrealista, o seu cinema não pertence a uma categoria específica ou estilo, é intemporal. Um estilo inconfundível de contar histórias.”

Todas as sextas-feiras, às 23h05, na RTP2, com um comentário ao filme, antes e depois, por um convidado (José Manuel Costa, diretor da Cinemateca Portuguesa, e a atriz Suzana Borges).

6 de maio
O Cobarde (1965)

12 de maio
A Esposa Solitária (1964)

20 de maio
O Homem Sagrado (1965)

27 de maio
A Grande Cidade (1963)