O ano de 2012 é um ano importante para dois dos maiores e mais antigos estúdios de Hollywood, Universal Pictures e Paramount Pictures, que comemoram 100 anos. Ambos os estúdios lançaram no inicio deste ano novos logotipo renovados para a comemoração do centenário.

 

A Universal Pictures foi fundado a 8 de junho de 1912, pelo alemão Carl Laemmle, o inventor do star system em 1910 com a Florence Lawrence. O estúdio especializou-se nos filmes de terror, sendo que os anos 30 são o inicio do auge, com filmes como “Frankenstein” (1931) e “A Noiva de Frankenstein” (1935), ambos realizados por James Whale e protagonizados pelo icónico Boris Karloff; “Drácula” (1931) realizado por Tod Browning, tem como protagonista outro grande ícone do cinema, Bela Lugosi. Décadas mais tarde teve enormes sucessos de filmes de Steven Spielberg, como “Tubarão” (1975), “E.T. – O Extraterrestre” (1982), “A Lista de Schindler” (1993) e “Parque Jurássico” (1993). São ainda de destacar filmes como, “A Mulher Que Viveu Duas Vezes” (1958), “Psico” (1960), “A Hard Day’s Night” (1964), “Batalha de Midway” (1976), “A Força do Poder” (1983), “Em Busca do Vale Encantado” (1988), “Uma Mente Brilhante” (2001), “Inimigos Públicos” (2009), entre muitos outros.

 

A celebração oficial do centenário, acontece no dia 30 de abril, no parque temático do estúdio, em Orlando, Florida. No entanto a Universal tem já programada uma série de acontecimentos para o resto do ano, celebrando assim o vasto património cinematográfico que possui. A Universal Pictures anunciou ainda que vai restaurar 13 filmes do seu catálogo para lançamento em Blu-ray durante este ano, como é o caso de “Os Pássaros”, “E.T. – O Extra Terrestre”, “A Oeste Nada de Novo”, “Na Sombra e no Silêncio” e “África Minha”

 

A Paramount Pictures foi fundada extamente no mesmo ano, mas uns meses mais cedo, a 8 de maio de 1912, pelo produtor de origem húngara, Adolph Zukor. A Paramount, que foi durante os anos 20 e 40 um dos estúdios mais lucrativos de Hollywood, especializando-se em filmes de comédia, tinha, ao contrário dos outros estúdios, uma certa elegância e riqueza de meter inveja. Possuía as principais estrelas da época, como Mary Pickford, Douglas Fairbanks, Gloria Swanson, os irmãos Marx, Gary Cooper e os realizadores Cecil B. De Mille, Erich von Stroheim e D. W. Griffith, entre outros.

 

Entre os seus grandes clássicos encontram-se filmes como, “O Lírio Quebrado” (1919), “Os Grandes Aldrabões”(1933), “A Oitava Mulher do Barba Azul” (1938), “Os Dez Mandamentos” (1956), “O Maior Espectáculo do Mundo” (1952), “Crepúsculo dos Deuses” (1950), “Chinatown” (1974) “Gente Vulgar” (1980), “O Homem Elefante” (1980), “Os Intocáveis” (1987), “Forrest Gump” (1994), “Como Treinares o Teu Dragão” (2010), entre muitos outros.

 

 

Param ambos os estúdios são 100 anos de história e de grandes êxitos. Puro Cinema!