“Vitalina Varela”, de Pedro Costa, venceu em duas categorias (Melhor Atriz e Melhor Fotografia) dos prémios da International Cinephile Society (ICS), que reúne 120 críticos, jornalistas, académicos, historiadores, entre outros, de todo o mundo. “Vitalina Varela” é um dos 25 melhores filmes de 2019, categoria em que o vencedor foi “Dor e Glória”, do espanhol Pedro Almodóvar.

Vitalina Varela, protagonista do filme, venceu na categoria de Melhor Atriz, na qual estavam nomeadas também a nomeada ao Óscar de Melhor Atriz por “Marriage Story”, Scarlett Johansson e Lupita Nyong’o (“Nós”). Para a ICS, Vitalina Varela demonstrou “poder e graça surpreendentes como uma viúva cabo-verdiana que vai descobrindo algumas verdades duras sobre a vida de imigrante do falecido marido em Portugal”.

Leonardo Simões foi distinguido na categoria de Melhor Fotografia, para a qual estava nomeado também Roger Deakins (“1917”), graças às “lentes escuras e poéticas” do português. O filme esteve ainda nomeado para Melhor Realizador, categoria que teve como vencedora a francesa Céline Sciamma (“Retrato da Rapariga em Chamas”).

“Vitalina Varela” teve a sua estreia em agosto do ano passado no Festival de Cinema de Locarno, na Suíça, onde arrecadou o Leopardo de Ouro e o Leopardo de Melhor Interpretação Feminina. Desde então, tem sido exibido e tem recebido vários prémios em diversos festivais internacionais de cinema. Os vencedores dos prémios da ICS foram divulgados esta quinta-feira no site oficial do grupo.

Melhor Filme
01. Dor e Glória
02. Parasitas
03. Retrato da Rapariga em Chamas
04. Sinónimos
05. Long Day’s Journey Into Night
06. O Irlandês
07. Vitalina Varela
08. Marriage Story
09. Ne croyez surtout pas que je hurle
10. An Elephant Sitting Still
11. Mulherzinhas
12. Em Trânsito
13. Era Uma Vez em… Hollywood
14. O Livro de Imagem
15. Diamante Bruto
16. Mektoub, My Love: Intermezzo
17. La Llorona
18. Ich war zuhause, aber
19. La Flor
20. High Life
21. Martin Eden
22. The Souvenir
23. Verão
24. Uma Vida Escondida
25. As Cinzas Brancas Mais Puras

Melhor Realizador
Céline Sciamma – Retrato da Rapariga em Chamas

Melhor Ator
Antonio Banderas – Dor e Glória

Melhor Atriz
Vitalina Varela – Vitalina Varela

Melhor Ator Secundário
Joe Pesci – O Irlandês

Melhor Atriz Secundária
Adèle Haenel – Retrato da Rapariga em Chamas

Melhor Elenco
Parasitas

Melhor Argumento Original
Parasitas – Bong Joon Ho, Han Jin Won

Melhor Argumento Adaptado
Em Trânsito – Christian Petzold

Melhor Fotografia
Vitalina Varela – Leonardo Simões

Melhor Edição
Ne croyez surtout pas que je hurle – Thomas Marchand

Melhor Design de Produção
Era Uma Vez em… Hollywood – Barbara Ling

Melhor Banda Sonora
Uma Vida Escondida – James Newton Howard

Melhor Design de Som
Ad Astra – Gary Rydstrom, Tom Johnson, Mark Ulano

Melhor Filme de Animação
J’ai perdu mon corps – Jérémy Clapin

Melhor Documentário
Ne croyez surtout pas que je hurle – Frank Beauvais

Melhor Estreia
Ne croyez surtout pas que je hurle – Frank Beauvais