O Festival Internacional de Cinema de Animação de Annecy, originalmente agendado para decorrer do dia 15 ao dia 20 de junho, viu a sua edição de 2020 ser cancelada devido à pandemia de covid-19. O evento, que acontece sempre no verão na cidade de Annecy, no sudeste de França, terá desta vez uma versão online.

Ao invés de adiar o festival para uma data posterior, a organização decidiu apostar numa nova forma de chegar ao público: a Internet. Segundo a organização, “a situação internacional obriga a agir com lucidez e responsabilidade. (…) Annecy é uma festa, uma ‘reunião de família’. Não podemos celebrar a animação e o nosso 60.º aniversário quando alguns de vós não poderão participar”. A programação completa do programa será revelada no final de abril.

Dos filmes que compõem a seleção oficial do festival de Annecy, fazem parte duas curtas-metragens portuguesas. “Purpleboy”, de Alexandre Siqueira, que tinha já arrecadado uma nomeação para os Annie Awards, e “A Mãe de Sangue”, de Vier Nev. Anseia-se que Portugal possa ter representatividade nos vencedores, tal como ocorreu no ano passado com o filme “Tio Tomás, A Contabilidade dos Dias”, de Regina Pessoa, que angariou dois prémios.

Para esta edição, para além da celebração do 60.º aniversário do festival, estava também planeado uma homenagem à animação africana, que serão transpostas para o ano seguinte, a decorrerem de 14 a 19 de junho.