Agosto está prestes a chegar ao fim, encerrando assim oito meses de estreias de 2011. O ano começou muito bem com algumas estreias muito aguardadas pela crítica e pelo público como “Cisne Negro”, “Discurso do Rei”, “Rango”, “A Árvore da Vida”, “Super 8” entre outras. Como já é hábito, grande parte dos filmes estreados nestes oito meses são produções americanas, muitas delas blockbusters, “TRON”, “Thor”, “Piratas das Caraíbas: Por Estranhas Marés”, “Transformers 3”, “Capitão América”, entre outras. Estrearam poucas produções asiáticas, europeias ou da América Latina, sendo que é de destacar alguns filmes, como “Tropa de Elite 2” (Brasil), “Num Mundo Melhor” (Dinamarca), “Biutiful” (Espanha), “Poesia” (Coreia do Sul), “O Tio Boonmee Que Se Lembra das Suas Vidas Anteriores” (Tailândia) e “Nada a Declarar” (França).

 

No entanto os próximos quatro meses de 2011 vão estar carregados de “bons” filmes. Não haverá tantos blockbusters, mas sim cinema independente e de autor. Muitos filmes que passaram por Cannes e por outros festivais vão estrear no final deste ano. Aqui fica uma lista das estreias mais aguardadas para os próximos quatro meses.

  • “Cisne” de Teresa Villaverde (8 de Setembro) – Portugal
  • “Meia Noite em Paris” de Woody Allen (15 de Setembro) – EUA
  • “Submarino” (29 de Setembro) – Reino Unido
  • “Sangue do Meu Sangue” de João Canijo (6 de Outubro) – Portugal
  • “Contágio” de Steven Soderbergh (13 de Outubro) – EUA
  • “The Ditch” de Wang Bing (27 de Outubro) – China
  • “Restless” de Gus Van Sant (10 de Novembro) – EUA
  • “The Ides of March” de George Clooney (10 de Novembro) – EUA
  • “La Piel que Habito” de Pedro Almodóvar (17 de Novembro) – Espanha
  • “Habemus Papam” de Nanni Moretti (24 de Novembro) – Itália
  • “My Week With Marlyn” de Simon Curtis (24 de Novembro) – EUA
  • “O Artista” de Michel Hazanavicius (24 de Novembro) – França
  • “Swans” de Hugo Vieira da Silva (8 de Dezembro) – Portugal
  • “A Toupeira” de Tomas Alfredson (8 de Dezembro) – Reuno Unido
  • “Carnage” de Roman Polanski (29 de Dezembro) – França

Certamente ainda há espaço para mais alguns blockbusters, sendo que “Tintin” é um dos mais aguardados do ano.

  • “Os Três Mosqueteiros” de Paul W. S. Anderson (13 de Outubro)
  • “As Aventuras de Tintin – O Segredo do Licorne” de Steven Spielberg (27 de Outubro)
  • “O Gato das Botas” de Chris Miller (1 de Dezembro)
  • “Happy Feet 2” de George Miller (8 de Dezembro)
  • “Sherlock Holmes: Jogo de Sombras” de Guy Ritchie (29 de Dezembro)