5   +   7   =  

Depois do Urso de Ouro para melhor curta-metragem, no Festival de Berlim 2016, Leonor Teles vence mais um prémio internacional, desta vez no Festival Internacional de Hong Kong.

Balada de um Batráquio“, realizado por Leonor Teles, venceu no sábado passado o prémio Firebird para melhor curta-metragem na 40ª edição do Festival Internacional de Hong Kong.

Tal como os ciganos, os sapos de loiça não passam despercebidos a um olhar mais atento. Balada de um Batráquio surge assim num contexto ambíguo. Um filme que intervém no espaço real do quotidiano português como forma de fabular sobre um comportamento xenófobo.

O filme estreia em Portugal durante a competição internacional do Indie Lisboa, dia 21 de Abril, e terá a sua estreia nacional no dia 28 de Abril.