“Beyond is the Day” vence Prémio para a Melhor Ficção no FIKE 2021

O filme “Beyond is the Day”, do realizador polaco Damian Kocur, venceu o Prémio para a Melhor Ficção no XVII Festival Internacional de Curtas Metragens de Évora, que encerrou domingo, dia 26 de Setembro, na cidade alentejana.

 

Dalej Jest Dzien

O Prémio para o Melhor Documentário foi entregue a “Son of the Streets”, de Mohammed Almughanni, enquanto o Prémio para a Melhor Animação distinguiu o filme “Ecorce”, de Samuel Patthey e Silvain Monney.

            Na sessão de encerramento do XVII FIKE, o filme “O que não se vê”, de Paulo Abreu, recebeu o Prémio para a Melhor Curta Metragem Portuguesa, tendo o realizador André Roseira sido distinguido pelo júri com o Prémio Novos Talentos pelo filme “Carapau de Espinho”.

 

O Que Não Se Vê

O Prémio do Público foi entregue ao filme “Sortes”, de Mónica Martins Nunes, por escolha dos espectadores que assistiram às várias sessões de competição deste festival.

            O XVII FIKE apresentou 43 filmes a concurso, provenientes de duas dezenas de países, numa edição que incluiu várias mostras paralelas e uma homenagem ao cineasta português António Pedro Vasconcelos.

O Festival de Curtas Metragens de Évora é promovido pela SOIR – Joaquim António de Aguiar, em parceria com a Câmara Municipal de Évora, contando ainda com o apoio do Instituto do Cinema e do Audiovisual (ICA), da CIMAC (Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central), da Direção Regional de Cultura do Alentejo / Governo de Portugal e da Universidade de Évora.

A próxima edição do FIKE terá lugar na última semana de outubro de 2022.

Skip to content