Cannes 2014_abertura

Arranca hoje o maior certame de cinema do mundo, o Festival de Cannes, para a sua 67ª edição, que irá decorrer até 25 de maio, no sul de França. “Grace of Monaco”, realizado por Olivier Dahan, é o filme de abertura desta edição. O filme retrata um período na vida da atriz americana Grace Kelly (interpretada por Nicole Kidman), que se tornou a princesa ‘Grace of Monaco’, quando ela se casou com o príncipe Rainier III (Tim Roth), em 1956, naquele que foi conhecido de “o casamento do século”. Seis anos mais tarde, ela foi convidada a voltar para Hollywood, por Alfred Hitchcock, para participar no seu novo filme “Marnie”. Na altura, a França estava ameaçar taxar e até mesmo anexar o Monaco, o pequeno principado cuja monarca Kelly se tinha tornado. Com argumento de Arash Amel, o filme biográfico, que é de certa forma uma homenagem a Grace Kelly, conta ainda com Frank Langella, Parker Posey, Jeanne Balibar, Derek Jacobi e Paz Veja no elenco.

Cannes 2014 aposta em nomes consagrados do cinema, como os irmãos Dardenne, Jean-Luc Godard, Mike Leigh, Ken Loach, Olivier Assayas e David Cronenberg. Ao todo são 18 filmes que competem pela 67ª Palma de Ouro. Na secção Un Certain Regard destacam-se os filmes de Mathieu Amalric, Lisandro Alonso, Ryan Gosling e Wim Wenders.

O júri da selecção oficial, presidido por Jane Campion, é composto por Carole Bouquet, Sofia Coppola, Leila Hatami, Jeon Do-yeon, William Dafoe, Gael Garcia Bernal, Jia Zhangke e Nicolas Winding. O júri da secção Un Certain Regard é presidido por Pablo Trapero e composto por Peter Becker, Maria Bonnevie, Géraldine Pailhas e Moussa Touré.

Portugal conta com duas curtas-metragens nesta edição do certame: o filme “Caça Revoluções” de Margarida Rego, que vai ser exibido na seleção de curtas-metragens da Quinzena dos Realizadores e o filme “Boa noite Cinderela”, de Carlos Conceição, que foi selecionada para a Semana da Crítica, evento paralelo ao festival.

 

 

Filme de Abertura

Grace of Monaco, de Olivier Dahan

 

Selecção Oficial (Competição)

Sils Maria, Olivier Assayas

Saint Laurent, de Bertrand Bonello

Kis Uykusu, de Nuri Bilge Ceylan

Maps to the Stars, de David Cronenberg

Deux Jours Une Nuit, de Jean-Pierre e Luc Dardenne

Mommy, de Xavier Dolan

Captives, de Atom Egoyan

Adieu au Langage, de Jean-Luc Godard

The Search, de Michel Hazanavicius

The Homesman, de Tommy Lee Jones

Futatsume no Mado, de Naomi Kawase

Mr. Turner, de Mike Leigh

Jimmy’s Hall, de Ken Loach

Foxcatcher, de Bennett Miller

Le Meraviglie, de Alice Rohrwacher

Relatos Salvajes, de Damian Szifron

Leviathan, de Andrey Zvyagintsev

 

Selecção Oficial Un Certain Regard (Competição)

Party Girl, de Marie Amachoukeli, Claire Burger, Samuel Theis (filme de abertura)

La Chambre Bleue, de Mathieu Amalric

Jauja, de Lisandro Alonso

Incompresa, de Asia Argento

Titli, de Kanu Behl

Eleanor Rigby, de Ned Benson

Bird People, de Pascale Ferran

Lost River, de Ryan Gosling

Amour Fou, de Jessica Hausner

Charlie’s Country, de Rolf de Heer

Snow in Paradise, de Andrew Hulme

Dohee-Ya, de July Jung

Xenia, de Panos Koutras

Run, de Phillipe Lacôte

Turist, de Ruben Östlund

Hermosa Juventud, de Jaime Rosales

The Salt of the Earth, de Wim Wenders e Juliano Ribeiro Salgado

Fantasia, de Wang Chao

Harcheck Mi Headro, de Keren Yedaya

 

Selecção Oficial Curtas-Metragens (Competição)

The Administration of Glory, de Ran Huang

Ukhilavi Sivrtseebi, de Dea Kulumbegashvil

Happo-En, de Sato Masahiko, Ohara Takayoshi, Seki Yutaro, Toyota Masayuki, Hirase Kentaro

Leidi, de Simón Mesa Soto

Sonuncu, de Sergey Pikalov

A Kivengzes, de Petra Szocs

Aissa, de Clément Trehin-Lalanne

Les Corps Étrangers, de Laura Wandel

Ja Vi Elsker, de Hallar Witzo

 

Selecção Ofical – Fora de competição

Gui Lai, de Zhang Yimou

Como Treinares o Teu Dragão 2, de Dean DeBlois

 

Sessões Especiais

Eau Argentée, de Mohammed Ossama

Maidan, de Sergei Loznitsa

Red Army, de Polsky Gabe

Caricaturistes – Fantassins de la Démocratie, de Stephanie Valloatto

Les Ponts de Sarajevo

The Rover, de David Michod

The Salvation, de Kristian Levring

Pyo Jeok, de Chang