Curtas Vila do Conde 2013 - Vencedores

Terminou ontem mais um Curtas Vila do Conde, a 21ª edição, tendo sido atribuído, pela segunda vez na história do Curtas Vila do Conde, o Grande Prémio Cidade Vila do Conde, para o melhor filme em competição, a um filme português: “Carosello”, de Jorge Quintela (a primeira vez que um filme nacional foi galardoado com este prémio aconteceu em 2006, com “Rapace”, de João Nicolau). Leonor Teles venceu na secção competitiva de filmes de escola, o Prémio Take One! pela curta “Rhoma Acans”,

 

Competição Internacional

Grande Prémio Cidade Vila do Conde
Carosello, de Jorge Quintela (Portugal)

Melhor Animação
Gloria Victoria, de Theodore Ushev (Canadá)

Melhor Documentário
Buenos Días Resistencia, de Adrián Orr (Espanha)

Melhor Ficção

Soft Rain, de Dénes Nagy (Hungria/Bélgica)

Prémio do Público 
Penny Dreadful, de Shane Atkinson (EUA)

 

Competição Nacional

Melhor Filme

Rei Inútil, de Telmo Churro (Portugal)

Prémio do Público
Luminita, de André Marques (Portugal)
Melhor Filme da Competição Experimental
I Am Micro, de Shai Heredia e Shumona Goel (Índia)

Prémio Curtinhas
Room on the Broom, de Max Lang e Jan Lanchauer (Reino Unido)

Menção Honrosa – Curtinhas
Gambozinos, de João Nicolau (Portugal)

Prémio Canal +
Rei Inútil, de Telmo Churro (Portugal)

Prémio EFA
Cut, de Matthias Muller e Christoph Girardet (Alemanha)

Prémio Take One! (filmes de escola)
Rhoma Acans, de Leonor Teles (Portugal)

Prémio Videorun
Volvente, de Abel Oliveira, Jacinta Barreto e Rui Ribeiro (Portugal)