European Film Awards 2011

Foram hoje revelados pela Academia de Cinema Europeu, durante o Festival de Sevilha, os nomeados para os European Film Awards 2013 (Prémios do Cinema Europeu). A liderar as nomeações está o drama belga “The Broken Circle Breakdown”, de Felix van Groeningen, que conta com cinco nomeações (Melhor Filme, Melhor Realizador, Melhor Ator, Melhor Atriz, Melhor Argumentista). O segundo filme mais nomeado é o italiano “La Grande Bellezza”, de Paolo Sorrentino, com quatro nomeações (Melhor Filme, Melhor Realizador, Melhor Ator, Melhor Argumentista). Seguem-se depois, com três nomeações cada, “The Best Offer” de Giuseppe Tornatore, “In The House” de François Ozon, “Anna Karenina” de Joe Wright’s e “Oh Boy!” de Jan Ole Gerster.

Ao contrário do que é habitual, a Academia decidiu este ano revelar os vencedores das categorias técnicas dos prémios europeus de cinema mais cedo. Os 2900 membros do EFA vão agora votar nos vencedores, que serão anunciados durante a 26ª cerimónia de entrega dos prémios, a 7 de dezembro, em Berlim.

 

VENCEDORES

Melhor Diretor de Fotografia

Asaf Sudry, por Fill the Void

Melhor Montador

Cristiano Travaglioli, por La grande bellezza

Melhor Designer de Produção

Sarah Greenwood, por Anna Karenina

Melhor Designer de Guarda-Roupa

Paco Delgado, por Blancanieves

Melhor Compositor

Ennio Morricone, por The Best Offer

Melhor Designer de Som

Matz Müller e Eric Mischijew, por Paradise: Faith

 

 

NOMEADOS

Melhor Filme Europeu

The Best Offer, de Giuseppe Tornatore

La Vie D’Adèle: Chapitres 1 & 2, de Abdellatif Kechiche

Blancanieves, de Pablo Berger

The Broken Circle Breakdown, de Felix van Groeningen

La Grande Bellezza, de Paolo Sorrentino

Oh Boy!, de Joan Ole Gerster

Melhor Realizador

Pablo Berger, por Blancanieves

François Ozon, por In the House

Giuseppe Tornatore, por The Best Offer

Abdellatif Kechiche, por La Vie D’Adèle: Chapitres 1 & 2

Paolo Sorrentino, por La Grande Belleza

Felix van Groeningen, por The Broken Circle Breakdown

Melhor Comédia Europeia

Los Amantes Pasajeros, de Pedro Almodóvar

Love is All you need, de Susanne Bier

The Priest’s Children, de Vinko Bresan

Welcome Mr.President!, de Riccardo Milani

Melhor Ator

Johan Heldenbergh, em The Broken Circle Breakdown

Fabrice Luchini, em In the House

Toni Servillo, em La Grande Bellezza

Jude Law, em Anna Karenina

Tom Schilling, em Oh Boy!

Melhor Atriz

Veerle Baetens, em The Broken Circle Breakdown

Keira Knightley, em Anna Karenina

Naomi Watts, em The Impossible

Luminita Gheorghiu, em Child’s Pose

Barbara Sukowa, em Hannah Arendt

Melhor Argumentista

François Ozon, por In the House

Tom Stoppard, por Anna Karenina

Felix van Groeningen, Carl Joos, por The Broken Circle Breakdown

Paolo Sorrentino, Umberto Contarello, por La Grande Bellezza

Giuseppe Tornatore, por The Best Offer

Prémio Revelação – FIPRESCI

Call Girl, de Mikael Marcimain (Suécia, Noruega, Irlanda, Finlândia)

Miele, de Valeria Golino (Itália, França)

Thea Plague, de Neus Ballús (Espanha)

Eat Sleep Die, de Gabriela Pichler (Suécia)

Oh Boy!, de Jan Ole Gerster (Alemanha)

Melhor Documentáiro

The Act of Killing, de Joshua Oppenheimer

Stop-Over, de Kaveh Bakhtiari

The Missing Image, de Rithy Panh

Melhor Filme de Animação

The Congress, de Ari Folman

Ponocchio, de Enzo D’AIò

Jasmine, de Alain Ughetto

Melhor Curta-Metragem Europeia

Cut, de Christoph Girardet & Matthias Mueller (Alemanha)

Death of a Shadow, de Tom Van Avermaet (Bélgica, França)

Houses with Small Windows, de Bülent Öztürk (Bélgica)

La lampe au beurre de yak, de Hu Wei (França, China)

Letter, de Sergei Loznitsa (Rússia)

Misterio, de Chema García Ibarra (Espanha)

Morning, de Cathy Brady (Reino Unido, Irlanda)

As Ondas, de Miguel Fonseca (Portugal)

Orbit Ever After, de Jamie Stone (Reino Unido)

Skok, de Petar Valchanov e Kristina Grozeva (Bulgária)

Sonntag 3, de Jochen Kuhn (Alemanha)

A Story for the Modlins, de Sergio Oksman (Espanha)

Though I Know The River Is Dry, de Omar Robert Hamilton (Egipto, Palestina, Reino Unido)

Yaderni Wydhody, de Myroslav Slaboshpytskiv (Ucrânia)

Zima, de Cristina Picchi (Rússia)