“Aguenta-te aos 40”
de Judd Apatow
EUA – Comédia – 2012
Sinopse: Depois de vários anos de casamento, Pete vive numa casa cheia de mulheres: a esposa Debbie e as duas filhas, Charlotte de oito anos e Sadie de treze anos. Enquanto Pete luta para manter a empresa, o casal tem de descobrir como desculpar, esquecer e desfrutar o resto das suas vidas… antes que se matem um ao outro.

“Bestas do Sul Selvagem”
de Benh Zeitlin
EUA – Drama – 2012
Sinopse: Hushpuppy, uma intrépida menina de seis anos, vive com o pai, Wink, numa comunidade isolada, a sul do delta do Mississipi, a que chamam “A Banheira”. A educação dura de Wink prepara-a para os mistérios do universo; para um tempo em que ninguém estará por perto para a proteger. Quando Wink contrai uma doença misteriosa, a natureza fica fora de controlo – a temperatura sobe e as calotes polares derretem, libertando um exército de criaturas pré históricas chamadas “auroques”. Com o nível das águas a subir, a aproximação dos auroques e a saúde de Wink a piorar, Hushpuppy decide partir em busca da mãe.

“Die Hard – Nunca é bom dia para morrer”
de John Moore
EUA – Ação/Aventura – 2013
Sinopse: Quando Jack, o filho de John McClane, se mete em sarilhos na Rússia, o ex-polícia de Nova Iorque é forçado a viajar para Moscovo para o ajudar, só que aí acaba por ver-se envolvido no plano terrorista que desencadeou os problemas do rapaz. Com o submundo russo a persegui-los, e lutando contra uma contagem regressiva para a guerra, os dois McClanes descobrem que seus métodos opostos torná-los-ão heróis imparáveis.

“Psico”
de Alfred Hitchcock
EUA – Terror – 1960
Sinopse: Marion Crane e Sam Loomis são amantes mas não podem casar-se por falta de dinheiro. Um dia o patrão de Marion encarrega-a de depositar no banco 400 mil dólares que acabara de receber dum cliente. Marion vê assim a possibilidade de resolver os seus problemas financeiros, decidindo fugir com o dinheiro, mas, e em virtude do mau tempo, é forçada a parar num motel no caminho. O grande clássico de Alfred Hitchcock, que inclui a mítica cena do chuveiro, e que iniciou a moda dos «serial killers» no cinema.

“Texas Chainsaw – O Massacre”
de John Luessenhop
EUA – Terror – 2013
Sinopse: Há muito tempo, ocorreu uma tragédia numa pequena e remota cidade no Texas e que envolveu um grupo de cinco jovens. Apenas um deles conseguiu escapar para contar o sucedido. O seu relato desencadeou uma série de eventos que, aparentemente, puseram fim ao terror que causou aquela tragédia. O que ninguém sabe é que existe outro sobrevivente. Uma criança foi escondida e criada sem nenhum conhecimento dos acontecimentos daquele dia ou da sua verdadeira família. Anos mais tarde, a agora adulta Heather Miller retorna a casa para receber uma herança de uma avó que nunca conheceu. Heather viaja para o Texas acompanhada pelos seus amigos Nikki, Ryan e Kenny. No caminho, dão boleia a Darryl, um viajante que vai desejar não ter entrado nesta viagem. Ao chegar à cidade, Heather fica surpresa ao encontrar uma magnífica mansão. O seu advogado informa-a de que tudo aquilo agora é dela. Com a condição de ela não vender o imóvel e seguir as instruções que a sua avó deixou por carta. Mas antes que Heather possa abrir a carta, ela e seus amigos são confrontados por um familiar perdido de Heather, também ele sobrevivente do fatídico e trágico dia. Antes de conseguir obter a sua herança, Heather precisa agora de ultrapassar um tremendo desafio: manter-se viva. O seu recém-descoberto primo não se importa se as suas vítimas são parentes ou não. Ele apenas precisa de sangue…