Faleceu, o cineasta francês, Claude Chabrol, aos 80 anos

Morreu esta manhã (12 de Setembro de 2010) um dos principais cineastas da Nouvelle Vague, Claude Chabrol, aos 80 anos. Era “um imenso cineasta francês, livre, impertinente, político e difuso”, disse Christophe Girard, vereador adjunto da Cultura na Câmara de Paris.

 

Chabrol nasceu em Paris a 24 de Junho de 1930. Foi um importante realizador da Nouvelle Vague, juntamente com François Truffaut e Jean-Luc Godard. Chabrol era um grande admirador de Fritz Lang e Alfred Hitchcock, que o influenciaram, como se pode comprovar na sua obra cinematográfica. Era amante de filmes policiais e de humor negro. Estudou literatura, farmácia e direito e foi crítico da prestigiada revista francesa, Cahiers du Cinéma.

 

As suas grande obras são, “Os Primos” (1959), “Madame Bovary” (1991), “Uma Questão de Mulheres” (1988 ) e“Violette Nozière” (1978 ).