O 8 ½ Festa do Cinema Italiano regressa a Portugal, para a sua nona edição, que se realizará  de 30 de março a 7 de abril, no Cinema São Jorge, UCI – El Corte Inglés e na Cinemateca Portuguesa. Com mais de  40 flmes, entre os quais nove antestreias nacionais, seis obras em competção, curtas-metragens, documentários, programação infantl, convidados de renome e espaço programátco dedicado à música, à literatura, à cultura e à gastronomia italianas, esta edição conta com uma “rica programação cinematográfica e cultural que integra uma ampla panorâmica do melhor do cinema italiano contemporâneo, comercial e de autor, sem esquecer o habitual olhar retrospetivo aos grandes mestres do passado.” Entre os convidados para esta edição constam nomes como, Ivo Canelas, Sergio Castellitto, Giuseppe Gaudino, Roberto Cicutto, entre outros.

O filme de abertura será “Conto dos Contos” (“Tales of Tales”) de Matteo Garrone, que esteve na secção competitiva oficial do último Festival de Cannes. Conta com um elenco de luxo: Salma Hayek, Vincent Cassel, Toby Jones, John C. Reilly e Alba Rohrwacher. Neste filme o realizador reinventa alguns dos contos da obra homónima de Giambattista Basile, escrita em língua napolitana na primeira metade do século XVII, dando vida às mesmas atmosferas mágicas e às suas inquietantes personagens. Este filme integra a secção Panorama (dedicada ao cinema de autor e de grande público).

A secção Panorama apresentará ao todo treze filmes, dos quais se destacam “Mergulho Profundo”, de Luca Guadagnino, com Tilda Swinton, Ralph Fiennes e Dakota Johnson, um thriller melodramático ambientado numa ilha vulcânica do mediterrâneo; “Non essere cattivo” filme póstumo de Claudio Caligari, que foi o candidato italiano aos Óscares; e a comédia “Quo Vado?” de Gennaro Nunziante, que irá marcar a sessão de encerramento.

A secção competitiva (onde são apresentados novos autores e alguns dos filmes que mais se destacaram dentro do panorama cinematográfico italiano do último ano, quer do ponto de vista estético quer pelos temas e conteúdos que abordam) é constituída por seis filmes: “Arianna” de Carlo Lavagna, “Asino Vola” de Marcello Fonte e Paolo Tropidi, “Banana” de Andrea Jublin, “A Espera” de Piero Messina, “Lo Chiamavano Jeeg Robot” de Gabriele Mainetti, “Pecore in Erba” de Alberto Caviglia.

O mestre Etore Scola será o grande homenageado na secção Amarcord da Festa do Cinema Italiano, que irá contar com uma seleção das suas obras mais conhecidas, como “Feios, Porcos e Maus” e “O Baile” e menos conhecidas ao público estrangeiro, como “O Terraço” bem como filmes onde trabalhou como argumentista, como por exemplo “Aquele que sabe viver” de Dino Risi. A homenagem é feita em parceria com a Cinemateca Portuguesa – Museu do Cinema. Esta mesma secção apresentará ainda a nova cópia digital de um dos filmes italianos mais amados de sempre, vencedor de três Óscares, “A Vida é Bela” a obra-prima de Roberto Benigni, e ainda uma cópia restaurada de clássico “Fellini Oito e Meio” (1963) de Federico Fellini, que estreia a 31 de março em Portugal. Haverá ainda uma exposição de fotografia, “81⁄2: A Viagem de Fellini”, que reúne fotos de cena do filme “Fellini Oito e Meio”, da autoria do fotógrafo da revista Life Gideon Bachmann, um tesouro nunca visto em Portugal, em colaboração com Cinemazero, FNAC, UCI e o Instituto Italiano de Cultura de Lisboa. Para homenagear o grande mestre Fellini estará presente nestas sessões Gianfranco Angelucci, amigo e colaborador de Fellini durante mais de vinte anos.

Depois de Lisboa a Festa do Cinema Italiano irá estar em mais catorze cidades portuguesas: Cascais, de 15 a 17 de abril, Coimbra, de 18 a 20 de abril, Porto, 21 a 24 de abril, Aveiro, de 26 a 28 de abril, Elvas, de 29 e 30 de abril, Loulé, de 12 a 14 de maio, Caldas da Rainha, de 13 a 15 de maio, Guimarães, 17, 19 e 22 de maio, Évora, de 17 a 19 de maio, Almada, de 29 de junho a 03 de julho prosseguindo depois para o Funchal, Setúbal, Braga e Beja. Internacionalmente, a Festa do Cinema Italiano irá estar presente, este ano, em Luanda (Angola), Maputo (Moçambique) e sete cidades do Brasil: Rio de Janeiro, São Paulo, Florianópolis, Brasília, Curitba, Belo Horizonte e Porto Alegre.

A Festa do Cinema Italiano é um evento organizado pela Associação Il Sorpasso em colaboração com o Instituto Italiano de Cultura e a Embaixada de Itália em Portugal, em parceria estratégica com a Câmara Municipal de Lisboa/EGEAC e em coprodução com o Cinema São Jorge e conta também com o apoio do MIBACT Direzione Cinema.

Secção Panorama
O Conto dos Contos, Mateo Garrone – Sessão de Abertura
Quo Vado?, Gennaro Nunziante -Sessão de Encerramento
Mergulho Profundo, Luca Guadagnino
Alaska, Claudio Cupellini
Il nome del figlio, Francesca Archibughi
Latin lover, Cristna Comencini
Lea, Marco Tullio Giordana
Ma che bella sorpresa, Alessandro Genovesi
Nessuno si salva da solo, Sergio Castellito
Non essere catvo, Claudio Caligari
Anna, Giuseppe Gaudino
Sangue del mio sangue, Marco Bellocchio
Suburra, Stefano Sollima

Secção Competitiva
Arianna, Carlo Lavagna
Asino Vola, Marcello Fonte, Paolo Tropidi
A Espera, Piero Messina
Banana, Andrea Jublin
Lo chiamavano Jeeg Robot, Gabriele Mainet
Pecore in erba, Alberto Caviglia

Secção Amarcord
8 ½, Federico Fellini
A Vida é Bela, Roberto Benigni
Marcello Mastroianni – Lembro-me, sim, eu lembro-me, Anna Maria Tatò

Homenagem a Ettore Scola
Ridendo e Scherzando, ritrato di un regista all’italiana, Paola e Silvia Scola
Feios, Porcos e Maus, Ettore Scola
O Terraço, Ettore Scola
Tão Amigos que nós Éramos, Ettore Scola
Um Dia Inesquecível, Ettore Scola
Um Italiano em Angola, Ettore Scola
O Baile, Ettore Scola
A Família, Ettore Scola
Os Monstros, Dino Risi
Il Sorpasso, Dino Risi
Io la Conoscevo Bene, Antonio Pietrangeli

Secções Especiais
Bagnoli Jungle, Antonio Capuano
Estrada 47, Vicente Ferraz
Firenze e gli Ufzi, un viaggio nel cuore del Rinascimento, Luca Vioto
Mediterranea, Jonas Carpignano
Rua da Saudade 22, Diego Perrucci
Emergency Exit – Young Italians Abroad, Brunella Filì
Lisbon Storie, Luca Onest, Massimiliano Rossi, Daniele Coltrinari

Festa do Cinema Italiano 2016_1