Festival de Cinema de Gramado 2023: Ingrid Guimarães será homenageada com o troféu Cidade de Gramado

ingrid 1 39

A atriz, argumentista, comediante, apresentadora e produtora brasileira Ingrid Guimarães, será honrada com o prestigioso Troféu Cidade de Gramado durante a 51ª edição do Festival de Cinema de Gramado.

Troféu Cidade de Gramado é dedicado a nomes ligados a Gramado e ao Festival, contribuindo para o crescimento e divulgação da cidade e do evento. Entregue pela primeira vez em 2012 à atriz Eva Wilma, a mais jovem honraria entregue pelo Festival de Cinema de Gramado foi entregue, também, a nomes como Tony Ramos, Ney Latorraca, Antonio Pitanga, Wagner Moura e Araci Esteves.

É praticamente impossível abordar o cenário do cinema brasileiro sem fazer referência a Ingrid Guimarães. Natural de Goiânia, seus primeiros passos profissionais foram trilhados nos palcos teatrais, nos idos dos anos 1980. Ao longo de um período de mais de três décadas e meia, ela construiu um invejável repertório de triunfos nas esferas do teatro, televisão e, acima de tudo, do cinema.

Ingrid integrou um movimento revolucionário no contexto do cinema nacional, que teve início nos anos 2000. Suas criações, incluindo a notável trilogia “De Pernas Pro Ar” (2010-2019) e a produção “Fala Sério, Mãe” (2017), lhe conferiram o título de atriz brasileira com o maior público nas telas cinematográficas ao longo deste século.

 

Antes de sua ascensão, somente Xuxa e Sônia Braga atingiram patamares semelhantes. Atualmente, a atriz está se preparando para o lançamento do filme “Minha Irmã e Eu”, no qual atua ao lado de Tatá Werneck. O longa tem sua estreia prevista para janeiro de 2024.

0276e0b5 0b43 4bfd 9726 62e60d446ea0 e1669231500254 800x445 1 40
Reprodução: Revista de Cinema

Ao longo de sua prolífica filmografia, composta por mais de 20 produções, Ingrid optou predominantemente por projetos humorísticos, um gênero que a consagrou anteriormente na televisão, notavelmente no seriado “Sob Nova Direção”, que foi transmitido pela TV Globo entre 2004 e 2007.

 

Demonstrando uma forte afinidade com esse gênero, a atriz sempre se manifestou sobre a subestimação que muitas vezes afeta essa categoria:

 

“A comédia é tão desvalorizada, vista como um gênero menor, mais fácil. Por que a crítica é tão desrespeitosa com ela?”, questiona.

 

Mesmo sob o prisma da desconsideração, Ingrid possui no currículo indicações às mais importantes premiações do país, como Grande Prêmio do Cinema Brasileiro Prêmio ACIE de Cinema.

Sobre a valorização do cinema nacional, Ingrid é categórica:

 

“É preciso manter o nosso público fiel ao cinema brasileiro, senão daqui a pouco vamos estar consumindo apenas séries gringas e filmes de super-heróis”.

 

Skip to content