Morreu o cineasta e crítico francês Bertrand Tavernier

Bertrand-Tavernier-2

Morreu um dos mais distintos cineastas do cinema francês, Bertrand Tavernier, “cinéfilo inveterado”, ator, produtor e crítico, esta quinta-feira (25 de março), aos 79 anos de idade, segundo anunciou o Instituto Lumière em Lyon.

Um Domingo no Campo” (1984), “À Volta da Meia-Noite” (1986) e “Uma Viagem Pelo Cinema Francês com Bertrand Tavernier” (2016) foram algumas das obras pelas quais é conhecido o cineasta e cinéfilo que divagava de um género para o outro .

Nascido em 1941, em Lyon, Bertrand era um curioso sem limites e um entusiasta pelo cinema o que o levou a estudar a história do cinema e, nos anos 1960, a escrever crítica em revistas conceituadas como a Les Cahiers du cinéma, Positif ou Les Lettres française. Começou a sua carreira no cinema como assistente de Jean-Pierre Melville, como “O Denunciante” (1962), realizando depois pequenos documentários.

Realizou a sua primeira longa-metragem na sua cidade natal, “O Relojoeiro” em 1974, protagonizado por Philippe Noiret e Jean Rochefort. Seguiram-se “Vamos a Isto Que É Festa” (1975) e “O Juiz e o Assassino” (1976), ambos com Philippe Noiret.

Isabelle Huppert e Philippe Noiret em “Justiceiro por Conta Própria” (1981)

Entre o drama, a comédia, o crime e o filme de época, Bertrand começou a ganhar mais notoriedade na década de 1980, com filmes como: “Justiceiro por Conta Própria” (1981), nomeado para o Óscar de Melhor Filme Estrangeiro; “Um Domingo no Campo” (1984), nomeado para o Globo de Ouro de Melhor Filme Estrangeiro; “À Volta da Meia-Noite” (1986), nomeado para dois Óscares, tendo vencido o de Melhor Banda Sonora; e “La vie et rien d’autre” (1989).

Nas décadas seguintes viria a realizar “A Filha de D’Artagnan” (1994), “L’appât” (1995), “Capitão Conan” (1996), “A Princesa de Montpensier” (2010) e “Palácio das Necessidades” (2013), a sua última ficção. Nos EUA filmou “À Margem de Um Crime” (2009), um crime mistério com Tommy Lee Jones, John Goodman e Peter Sarsgaard.

Bertrand-Tavernier-1
Bertrand Tavernier em “Uma Viagem Pelo Cinema Francês com Bertrand Tavernier”

O seu último trabalho de realização foi o monumental documentário “Uma Viagem Pelo Cinema Francês com Bertrand Tavernier” (2016), onde ao longo de três horas o cineasta faz uma viagem pelo cinema francês, falando dos realizadores e atores que mais marcaram a sua vida. “Gostaria que este filme fosse um ato de gratidão para com todos os realizadores, escritores, atores e músicos que surgiram bruscamente na minha vida”, afirmou o realizador francês.

Bertrand Tavernier trabalhou com conceituados atores e atrizes do cinema europeu como Michel Piccoli, Max von Sydow, Dexter Gordon, François Cluzet, Harvey Keitel, Romy Schneider, Gérard Jugnot, Julie Delpy, Isabelle Huppert e Jean-Pierre Marielle.

 

Skip to content