Foi anunciado hoje pela Academia Portuguesa de Cinema que “Sangue do Meu Sangue” de João Canijo é o candidato oficial português para concorrer ao Óscar de Melhor Filme Estrangeiro, entregue anualmente pela The Academy of Motion Picture Arts and Science. Pela primeira vez esta decisão coube à Academia Portuguesa de Cinema, que até 2011 era decidida pela ICA (Instituto do Cinema e do Audiovisual), onde são elegíveis os filmes que estreiam comercialmente em Portugal entre 1 de outubro de 2011 e 30 de setembro de 2012.

 

Tendo em conta que “Tabu”, de Miguel Gomes, tem sido aclamado pela crítica desde a sua estreia, esperava-se que fosse ele o candidato português eleito. No entanto, Portugal está, também, muito bem representado com o filme do Canijo. Um filme cru e realista e com magistrais interpretações do elenco, que foi já multi-premiado internacionalmente e nacionalmente: venceu em 2011 com o Prémio da Crítica Internacional (FIPRESCI) e o Premio TVE Otra Mirada (Menção Honrosa) no Festival de San Sebastian, o Prémio de Melhor Filme no Festival de Pau (Pyrénée du Meilleur Film), o Grande Prémio do Júri no Festival de Miami 2012, New Vision Award no Crossing Europe Filmfestival Linz na Áustria,  Prémio do Público no Festival Cine d’Autor em Barcelona, o Prémio Autores SPA para Melhor Filme, Melhor Argumento e Melhor Actriz (Rita Blanco), os Prémios de Melhor Filme, Melhor Realizador, Melhor Argumento Original e Melhor Actriz no Festival Caminhos do Cinema Português, o Prémio de Melhor Filme no FAIAL Filmes Fest, entre outros. Foi ainda o filme português mais visto de 2011 (21.562 espetadores).

 

Quando a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas receber todas as submissões de cada país, para esta categoria, a Academia irá criar primeiro uma pré-lista de nomeados e posteriormente uma com os cinco nomeados oficiais. O vencedor será anunciado na cerimónia da da 85ª edição dos Óscares, a realizar-se a 24 de fevereiro de 2013.