"As Mil e uma Noites" (2015)_1

Os membros da Academia Portuguesa das Artes e Ciências Cinematográficas (Academia Portuguesa de Cinema) escolheram o filme “As Mil e Uma Noites – Volume 2, O Desolado” de Miguel Gomes para representar Portugal como candidato ao Óscar de Melhor Filme Estrangeiro da Academia de Cinema Americana.

Produzido por O Som e a Fúria, integra uma trilogia, baseada no famoso conto persa “As Mil e Uma Noites”, onde Xerazade entretém o diabólico Rei com histórias fantásticas povoadas de misticismo, de forma a preservar a sua vida. “As histórias contadas são sobre um país socialmente desesperado onde predomina o descontentamento. Esse país é Portugal.”, refere a Academia Portuguesa do Cinema em comunicado. O filme tem estreia marcada em Portugal no dia 24 de setembro e conta com os atores Joana de Verona, Teresa Madruga, Gonçalo Waddington, Crista Alfaiate, João Pedro Bénard, Xico Xapas, Luísa Cruz, Margarida Carpinteiro nos papéis principais.

“As Mil e Uma Noites” estreou na Quinzena dos Realizadores, em Cannes, e foi já distinguido com o Grande Prémio do Festival Internacional de Cinema de Sidney e o Prémio da Crítica (Prémio FIPRESCI) no Festival Internacional de Cinema New Horizons, que decorreu na Polónia.

Exibido em festivais de cinema em França, Finlândia, Alemanha, Israel, República Checa, Austrália e Nova Zelândia, o filme irá estrear, até ao final deste ano, em festivais internacionais de cinema nos EUA, Canadá, Coreia do Sul, Japão, Áustria, Brasil, Polónia, Chile, Tailândia, Austrália, Marrocos, Grécia e Costa Rica.

O primeiro volume de “As Mil e Uma Noites – Volume 1, O Inquieto”, estreou em Portugal no final de agosto, e registou 3.756 espectadores no fim-de-semana de estreia. O Volume 3, O Encantado, estreia a 1 de outubro.

Em 2015 o candidato português da Academia Portuguesa de Cinema foi “E Agora? Lembra-me” de Joaquim Pinto. Quando a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas receber todas as submissões de cada país, para esta categoria, a Academia irá criar primeiro uma pré-lista de nomeados e posteriormente uma com os cinco nomeados oficiais (a anunciar entre janeiro e fevereiro de 2016). O vencedor será anunciado na cerimónia da 88ª edição dos Óscares, a realizar-se a 28 de fevereiro de 2016, em Los Angeles.