Quinzena dos Realizadores de Cannes 2022: ‘Fogo-Fátuo’ de João Pedro Rodrigues, sessão especial de ‘Men’, e Mia Hansen-Løve 

A abrir a próxima Quinzena dos Realizadores do Festival de Cannes, o filme francês L’envol, de Pietro Marcello, terá sua estreia mundial, a 18 de maio de 2022. Protagonizado por Raphaël Thiery (Raphaël), Juliette Jouan (Juliette), Louis Garrel (Jean) e Noémie Lvovsky (Adeline), conta-nos que a norte da França, Juliette cresce sozinha com seu pai, Raphaël, um veterano da Primeira Guerra Mundial. Apaixonada por canto e música, a jovem solitária conhece um mágico, num verão que promete que velas um dia a levarão para longe de sua aldeia. Juliette nunca deixa de acreditar na profecia.

A programação também inclui UN BEAU MATIN (One Fine Morning) de Mia Hansen-Løve. A realizadora que esteve em foco na passada Festa do Cinema Francês, regressa com uma longa-metragem protagonizado por Léa Seydoux e conta-nos a história de Sandra, uma jovem mãe que cria sua filha sozinha, frequentemente visita seu pai doente, Georg. Enquanto ela embarca com sua família em uma pista de obstáculos para tratá-lo, Sandra conhece Clément, uma amiga que está perdida há muito tempo…

©Alambique Filmes

Antes de chegar aos EUA, o mais recente filme de Alex Garland, Men, é sessão especial desta Quinzena, um filme de terror psicológico protagonizado por Jessie Buckley, indicada ao Oscar, juntamente com Rory Kinnear e Paapa Essiedu. Assista ao primeiro teaser oficial.

 

Na Quinzena dos Realizadores do Festival de Cannes já tinham sido seleccionados Provas, Exorcismos, realizado por Susana Nobre em 2015, e mais recentemente A Fábrica de Nada, de 2017, filme realizado por Pedro Pinho, que recebeu o Prémio FIPRESCI da Crítica neste mesmo festival, e todos representados pela produtora Terratreme Filmes.

Nesta edição é a vez de Fogo-fátuo (Will-o’-the-Wisp), a nova longa-metragem de ficção do realizador João Pedro Rodrigues, que vai ter a sua estreia absoluta na Quinzena dos Realizadores de Cannes 2022. Depois de ter realizado filmes como O OrnitólogoMorrer como um HomemOdete ou O Fantasma, esta nova obra é uma coprodução luso-francesa, entre a Terratreme Filmes, House on Fire e Filmes Fantasma.

©Terratreme Filmes

Conta o filme: 2069, ano talvez erótico – logo veremos – mas fatídico para um rei sem coroa. No seu leito de morte, uma canção antiga fá-lo rememorar árvores; um pinhal ardido e o tempo em que o desejo de ser bombeiro para libertar Portugal do flagelo dos incêndios, foi também o despontar de outro desejo. Então príncipe, Alfredo encontra Afonso. Com diferentes origens e diferentes cores de pele, encontram-se, socorrem-se e o léxico do abuso fica farrusco de desejo. Mas a exposição pública e as suas expectativas interpõem-se e Alfredo abraça um outro estado de prontidão para uma realidade improvável.

COM Mauro Costa, André Cabral, Miguel Loureiro, Margarida Vila-Nova, Cláudia Jardim, Joana Barrios, João Caçador, João Villas-Boas, João Reis Moreira DIRIGINDO João Pedro Rodrigues CINEMATOGRAFIA Rui Poças SOM Nuno Carvalho MÚSICA Paulo Bragança EDITANDO Mariana Gaivão DIRETOR DE ARTE João Rui Guerra da Mata FIGURINISTA Patrícia Dória PRODUTORES João Matos – Terratreme Filmes, Vicent Wang – Casa Em Chamas, João Pedro Rodrigues – Filmes Fantasma PRODUTOR DE LINHA João Gusmão.

 

Confira a lista de longas-metragens já seleccionadas. Em breve, serão anunciadas a selecção de curta-metragens.

L’ENVOL (Scarlet)

de Pietro Marcello

Filme de Abertura

 

1976 

de Manuela Martelli

 

THE DAM (Al-Sadd, السّد , Le Barrage,)

d’Ali Cherri

 

LES ANNÉES SUPER 8 (The Super 8 Years)

d’Annie Ernaux & David Ernaux-Briot

 

ASHKAL

de Youssef Chebbi

 

LES CINQ DIABLES (The Five Devils)

de Léa Mysius

 

DE HUMANI CORPORIS FABRICA

de Véréna Paravel & Lucien Castaing-Taylor

 

LA DÉRIVE DES CONTINENTS (AU SUD) (Continental Drift (South))

de Lionel Baier

 

EL AGUA (The Water)

d’Elena López Riera

 

ENYS MEN  

de Mark Jenkin

 

FALCON LAKE 

de Charlotte Le Bon

 

FOGO-FÁTUO (Will-o’-the-Wisp, Feu follet)

de João Pedro Rodrigues

 

FUNNY PAGES 

d’Owen Kline

 

GOD’S CREATURES 

d’Anna Rose Holmer & Saela Davis

 

LES HARKIS  (Harkis)

de Philippe Faucon

 

MEN 

d’Alex Garland

Sessão Especial

 

LA MONTAGNE (The Mountain)

de Thomas Salvador

 

PAMFIR 

de Dmytro Sukholytkyy-Sobchuk

 

REVOIR PARIS (Paris Memories)

d’Alice Winocour

 

TAHT ALSHAJRA  (تحت الشجرة , Under the Fig Trees, Sous les figues)

d’Erige Sehiri

 

UN BEAU MATIN (One Fine Morning)

de Mia Hansen-Løve

 

UN VARÓN (A Male)

de Fabian Hernández

 

LE PARFUM VERT (The Green Perfume)

de Nicolas Pariser

Filme de Encerramento

Skip to content