Depois das curta-metragens “Nenhum Nome” (2010) e “Imaculado” (2013), o conhecido ator e encenador Gonçalo Waddington estreia-se no formato de longa-metragem com “Patrick”, que está seleccionada para a competição da Selecção Oficial do Festival de Cinema de San Sebastián, que decorrerá entre 20 e 28 de setembro.

Produzida pela produtora O Som e a Fúria, a primeira longa-metragem de Waddington foi escrita pelo próprio juntamente com João Leitão e conta a história de Mário, um menino de 8 anos, raptado no interior de Portugal na primavera de 1999 que reaparece 12 anos depois numa prisão em Paris com o nome de Patrick.

Protagonizado por Hugo Fernandes, jovem ator franco-português, fazem também parte do elenco Alba Baptista, Teresa Sobral, Carla Maciel, João Pedro Bénard e Adriano Carvalho, entre outros. Este filme é uma co-produção entre Portugal e Alemanha e teve o apoio financeiro do ICA.

“Patrick” vai concorrer à Concha de Ouro para melhor filme juntamente com mais 17 filmes que inclui “Rocks”, de Sarah Gavron, “Zeroville”, de James Franco, “Proxima”, de Alice Winocour, “Mientras Dure la Guerra”, de Alejandro Amenábar, “A Dark-Dark Man”, de Adilkhan Yerzhanov, “Talasso”, de Guillaume Nicloux, entre outros.