Young students practice shooting film during on of the workshops organized by the AFRIFF, the International Film Festival in Lagos. December 2011 © Andrea Frazzetta / LUZ agency

Scorsese promete preservar o cinema clássico africano

De acordo com John Wadsworth, o cineasta estadunidense lançará uma nova iniciativa chamada The African Film Heritage Project.

O amor de Scorsese pelo cinema mundial é bem conhecido. Como fundador da The Film Foundation, o veterano diretor americano lançou em 2007 o World Cinema Project, que visa preservar e apresentar clássicos menos vistos de todo o mundo, com o objetivo de garantir que “os títulos mais vulneráveis ​​não desapareçam para todo sempre”.

O catálogo de lançamentos do WCP conta atualmente com modestos 28 filmes, mas esse número agora deve triplicar após o anúncio da iniciativa “The African Film Heritage Project”. Em si, o projeto busca restaurar 50 filmes africanos com “significado histórico, artístico e cultural” e está sendo executado em colaboração com a UNESCO e a Federação Pan-Africana de Cineastas (FEPACI).

Esperamos uma lista de favoritos de Scorsese ao lado de alguns nomes menos conhecidos. Apostamos que, Djibril Diop Mambéty e Ousmane Sembène, do Senegal, Shadi Abdel Salam, do Egito, Ahmed El Maanouni, do Marrocos e Souleymane Cissé, do Mali, estarão entre os cineastas incluídos.

Essa notícia nos fez pensar em filmes africanos que gostaríamos de ver restaurados e relançados. Quais filmes africanos clássicos ou subestimados deveriam ser restaurados? 

Skip to content