Não fosse este momento atípico que vivemos, com a pandemia do Covid-19 a obrigar ao isolamento social e ao encerramento de todas as salas de cinema e cineclubes, o novo filme de Rodrigo Areias, “Surdina”, estreava esta semana nos cinemas portugueses.

“Esta semana estava previsto estrear em Portugal o meu mais recente filme, Surdina, com argumento do Valter Hugo Mãe e música do Tó Antunes Trips. Teríamos 3 cine-concertos em Lisboa, Porto e Guimarães, com lançamento da banda sonora pela Revolve. Bem como várias apresentações com a presença do elenco e equipa”, publicou Rodrigo Areias na sua página de Facebook.

Com argumento de Valter Hugo Mãe, com música de Tó Antunes Trips e produzido pela Bando à Parte, esta comédia conta com António Durães, Ângela Marques, Ana Bustorff, Adelaide Teixeira, Jorge Mota, e Mário Moutinho, entre outros.

“No mês passado, 4 apresentações internacionais do filme foram canceladas (exceto na Rússia, onde o filme foi exibido). A distribuição no Brasil e em França também foram naturalmente adiadas. Resta-me a esperança de que um dia vos possa mostrá-lo numa sala de cinema, onde nos sentamos com outras pessoas numa sala escura a olhar para uma tela com condições de projeção e de som inigualáveis, para a experiência única que é ver cinema em sala.”

“Surdina” estreou na 43.ª Mostra Internacional de Cinema São Paulo (em 2019) e espera agora que as salas de cinema reabram para se voltar a agendar nova data de estreia.

Sinopse: Num espaço rural, um velho homem recebe a notícia de que a sua falecida mulher foi vista a fazer compras na feira. Revoltado, pretende esconder-se de todos, despeitado e triste, mas os seus amigos insistem para que não dê ouvidos ao povo e aproveite tal facto para se fortalecer e, quem sabe, casar-se de novo. Esta é uma história da delicadeza de se ser velho, do que resta ainda para sonhar e para amar quando a idade avança significativamente e o corpo se enfraquece. Num Portugal antigo e recôndito, que afinal existe, apesar de tudo quanto façamos para nos modernizarmos.