Zero em Comportamento estreia “Zona Árida”, sobre a cidade mais conservadora dos EUA

Zona-Arida-2021-1

A Zero em Comportamento vai estrear este mês “Zona Árida”, da realizadora brasileira Fernanda Pessoa, um documentário sobre a cidade mais conservadora dos EUA, Mesa, no deserto do Arizona.

A realizadora revisita a cidade 15 anos, dois meses antes da eleição de Donald Trump, depois de ter lá feito um intercâmbio de estudantes.

“Zona Árida” é uma “carta” audiovisual ao seu “eu” passado, em que a realizadora brasileira quis entender como Mesa mudou ao longo do tempo. À conversa com pais, amigos e professores que fizeram parte da sua experiência académica na cidade, analisa as características da cidade de Mesa, os costumes e crenças das suas gentes, a proximidade à fronteira com o México, o mito do Oeste, o colonialismo intrínseco, a Segunda Emenda, o ambiente vivido no pós-11 de setembro e outras questões fraturantes que marcaram o cenário socioeconómico e político desta cidade, que vivia “a ferro e fogo” dois meses antes das eleições que elegeram Donald Trump.

Lançado pela Zero em Comportamento como o Filme do Mês, o filme vai estrear no dia 2 de julho (sexta-feira) na Biblioteca de Marvila, sendo depois exibido na Biblioteca de Alcântara (9 de julho) e no Cinema da Villa (23 de julho).

O Filme do Mês é um novo projecto de exibição, pensado para o público adulto, com filmes sobre temas tão distintos como: Política, Economia, Direitos Humanos, Educação, Arquitectura e Urbanismo, Artes, Ciência e Ecologia, entre muitos outros temas que irão surgir com o tempo.

Skip to content