Curtas Vila do Conde 2021: Festival apresenta retrospetiva da obra de Lynne Ramsay

Lynne-Ramsay-Curtas-2021

Uma retrospetiva sobre a obra da realizadora irlandesa Lynne Ramsay e os 51 filmes que integram as competições internacional e experimental são as novidades que o Curtas Vila do Conde – Festival Internacional de Cinema revelou hoje para a sua 29.ª edição, que se vai realizar de 16 a 25 de julho.

A edição deste ano volta a ser presencial, “com sessões em sala a decorrerem nos horários alargados anunciados para a nova fase do desconfinamento. Assim como em 2020, o Curtas de Vila do Conde reafirma a aposta num formato híbrido que combina as projeções em sala em vários locais do país e exibições VoD, permitindo assim alargar o seu público a nível nacional e internacional.”

O Curtas Vila do Conde vai apresentar uma retrospetiva dedicada a Lynne Ramsay, que começou a sua carreira nas curtas-metragens, tendo cedo se distinguido: em 1996 a sua primeira curta, “Small Deaths”, foi galardoada no Festival de Cannes com o Prémio do Júri, o mesmo entregue, em 1998, a “Gasman”; e em 2000 recebeu o prémio do Júri de Clermont-Ferrand por “Kill the Day”, a sua terceira obra. As três obras serão incluídas no programa especial que o Curtas lhe dedica, incluindo quatro longas-metragens: “Temos de Falar sobre Kevin” (2011), “A Viagem de Morvern Callar” (2002), “Nunca Estiveste Aqui” (2017) e “Ratcatcher” (1999).

“Intenso, poético, vibrante, inquieto, assombroso: estes são alguns dos adjetivos possíveis para o cinema de Lynne Ramsay, um dos nomes mais relevantes do cinema contemporâneo, detentora de uma obra verdadeiramente singular e original. (…) Com uma apetência especial para contar histórias de personagens densas e por tema como a morte, o trauma e a relação com o luto, os seus filmes assinam a visão particular com que Ramsay aborda o cinema e a sua procura incessante pela não repetição e a reinvenção da sua própria linguagem.”

A 29.ª edição do Curtas vai apresentar 13 sessões, 9 da Competição Internacional e 4 da Experimental, com 51 filmes oriundos de 24 países, numa seleção que volta a cruzar o documentário, a ficção e a animação. Quanto à Competição Experimental, vão marcar presença seis filmes portugueses, realizados por Sandro AguilarLúcia PranchaPedro MaiaMargarida AlbinoKate Saragaço-Gomes e Helena Gouveia Monteiro. Regressam a Vila do Conde: Rosa BarbaChristoph GirardetMatthias MuellerMorgan Quaintance e Peter Tscherkassky, todos eles vencedores de prémios em edições passadas do festival.

O restante programa, com a competição nacional e académica, será revelado no decurso dos próximos meses.

Fonte: Curtas Vila do Conde

Skip to content