Chant Styrene, Alain Resnais

Curtas Vila do Conde 2022: cinema revisitado de François Reichenbach, António Campos e Alain Resnais

Sabem-se as primeiras novidades do Festival Internacional de Curtas de Vila do Conde de 2022, que se irá realizar de 9 a 17 de julho.

A assinalar os 30 anos de existência do festival vila condense, destacam-se na programação deste ano, a celebração dos centenários de nascimento de António Campos e Alain Resnais, um programa especial sobre a obra de François Reichenbach (desenvolvido em co-produção com a Casa do Cinema Manoel de Oliveira) e a exibição única de The Outsiders – The Complete Novel, de Francis Ford Coppola.

Numa coprodução com a Casa do Cinema Manoel de Oliveira da Fundação de Serralves, o Curtas Vila do Conde dedica, este ano, um ciclo retrospectivo sobre François Reichenbach, que olhará parte da sua obra, que integrará cerca de duas dezenas de filmes a serem mostrados no Porto e em Vila do Conde, entre os quais Nus MasculinsL’Amerique insoliteLes Marines e Prisons à l’américaine

L’ Amerique Insolite

Numa parceria com a Cinemateca Portuguesa, o Curtas Vila do Conde apresenta, também nesta edição, um programa especial que assinala o centenário do nascimento do cineasta português António Campos, onde se integram, entre outros, Almadraba AtuneiraA Invenção do AmorUm Tesoiro e Gente da Praia de Vieira

A Invenção do Amor

Sobre os cem anos passados sobre o nascimento de Alain Resnais, nome reconhecido da Nouvelle Vague e um dos grandes responsáveis pela modernidade do cinema europeu da altura,o Curtas terá um ciclo que lhe dedica em exibição quatro curtas metragens: Nuit et brouillardGuernicaLe chant du Styrène e Toute la mémoire du monde

Mais novidades sobre o festival em breve. Toda a info aqui.

Skip to content