Destaque da Semana: “Joe”

O destaque desta semana vai para “Joe”, baseado na obra homónima de Larry Brown, um filme sobre sacrifício, dor e redenção, realizado por David Gordon Green (“George Washington”, “Prince Avalanche”), que conta com Nicolas Cage, Tye Sheridan e Gary Poulter nos papéis principais. Poulter, um sem-abrigo recrutado para o papel de pai de Gary – e que foi notabilizado pela sua interpretação pungente –, acabou por morrer nas ruas de Austin, Texas, dois meses após as filmagens. “Joe” estreia hoje nas salas de cinema portuguesas.

Com um passado marcado por várias condenações, Joe Ransom esforça-se por ficar longe de problemas. De temperamento difícil e amargurado, sabe que tem de levar uma vida o mais regrada e tranquila possível. Certo dia, o seu caminho cruza-se com Gary, um rapaz de 15 anos cuja vida o obriga aos maiores sacrifícios. Constantemente espancado pelo pai, alcoólico, o jovem está desesperadamente necessitado de trabalho, de forma a poder sustentar a mãe e a irmã. Apesar da diferença de idades e de temperamentos, os dois tornam-se grandes amigos. Quando Joe conhece a difícil história familiar de Gary, o sentimento de revolta mistura-se com um enorme instinto de protecção. Assim, apesar dos problemas que esses sentimentos lhe vão causar, também darão a Joe a tão ansiada necessidade de remissão dos seus próprios pecados.

Sinopse: Cinecartaz Público