Começa amanhã (14 de Out.) a VIII edição do Festival Internacional de Cinema – DocLisboa 2010, que se prolongará até dia 24 de Outubro.

 

Sessão de Abertura será honrada com o mais recente filme de Miguel Gonçalves Mendes“José e Pilar”. Com um orçamento de 300 mil euros, durante quatro anos, Miguel Mendes filmou a vida de José Saramago e de sua mulherPilar del Rio. É um retrato da relação entre José Saramago e a sua mulher Pilar Del Rio, através do registo do dia-a-dia em Lanzarote e das suas viagens de trabalho pelo mundo.  O filme relaciona o romance “A Viagem do Elefante” com a própria experiência do autor durante o processo de criação deste livro. “José & Pilar” recebeu excelentes críticas aquando da sua estreia mundial no Festival do Rio de Janeiro, no passado dia 25 de Setembro. O filme tem antestreia nacional no dia 14 de Outubro às 21.00h, no Grande Auditório da Culturgest e no dia 18 de Novembro estreia nos cinemas. Na mesma data, será lançada a banda sonora do filme e de um livro com entrevistas do realizador a José Saramago e Pilar del Rio.

 

Na Competição Internacional de Longas, vão estar presentes: “El Sicaro” de Gianfranco Rosi“By Comparison” deHarun Farocki“Le bateau en carton” de José Vieira“Man with no Name” de Wang Bing, entre muitos outros.

 

Na Competição Internacional de Médias, vão estar presentes: “Countryside 35×45” de Evgeny Solomin;“Petropolis – Aerial Perspectives on the Alberta Tar Sands” de Peter Mettler, entre outros.

 

Na Competição Internacional de Curtas, vão estar presentes: “Amanar Tamasheq” de Lluis Escartín;“Mendelssohn Bartholdy” de Rita Bakacs, entre outros.

 

O DocLisboa conta ainda com algumas Antestreias Portuguesas, como: “Tobis Portuguesa” de Pedro Éfe e Manuel Mozos e “Complexo – Universo Paralelo” de Mário Patrocínio, entre outros.

 

O DocLisboa 2010, orgulha-se ainda de três poderosas retrospectivas (Joris Ivens, Jørgen Leth, Marcel Ophuls), duas secções temáticas de grande peso (“A Cidade e o Campo”, “Homenagem ao Documentário Suíço”) e uma exposição antológica (Malick Sidibé).

 

Sessão de Encerramento será com o filme “My Joy”, de Sergei Loznitsa, no dia 23 de Outubro. Este será a primeira ficção de um dos mais interessantes documentaristas da actualidade – a história de um camionista, Georgy, que deixa a sua cidade com um camião carregado de mercadorias, é forçado a fazer um desvio inesperado e acaba num lugar perdido. Contra a sua vontade, Georgy vê-se mergulhado na vida quotidiana de uma aldeia russa, de onde não consegue sair.

As salas de projecção serão nos cinemas, Londres, São Jorge, Culturgest, Cinemateca Portuguesa e City Classic Alvalade. A VIII edição do DocLisboa vai decorrer de 14 a 24 de Outubro em Lisboa e promete ser uma das melhores edições de sempre.

 

Ver Programação Completa