Faleceu o documentarista Albert Maysles

Albert Maysles

Albert Maysles, um dos grandes nomes do cinema documental faleceu ontem na sua casa em Manhattan. Tinha 88 anos de idade. Para trás deixa um legado marcado acima de tudo pela sua ligação ao Cinema Verité, estilo cinematográfico do qual foi um dos pioneiros e principais nomes e pela prolífica colaboração com o seu irmão mais novo David (falecido em 87) e Charlotte Zwerin, com os quais fez filmes como “Gimme Shelter”, “Salesman” ou o seu mais conhecido documentário: “Grey Gardens”. Para além do respeito dos mais variados cineastas que nele se inspiraram, Maysles recebeu ainda vários prémios de festivais importantes como Sundance (com “Lalee’s Kin: The Legacy of cotton” e “Christo in Paris”) ou ainda uma nomeação ao Oscar de melhor Curta Documental com “Christo’s Valley Curtain” em 1974. O seu último filme, “In Transit” tem estreia planeada para a edição deste ano do Festival de Tribeca, em abril.