Kelly Reichardt © David Godlis

Festival de Cinema de Locarno 2022: Kelly Reichardt é homenageada com Leopardo de Honra

A cineasta Kelly Reichardt, descrita como “uma das vozes mais originais e independentes do cinema americano contemporâneo” irá receber o prémio Leopardo de Honra no Festival de Cinema de Locarno na sexta-feira, 12 de agosto, na Piazza Grande. No sábado, 13 de agosto, ela estará presente numa conversa com o público, público esse que também terá a oportunidade de ver dois filmes da sua carreira: Meek’s Cutoff (2010) e Night Moves (2013).

O Festival de Locarno realiza-se na Suíça de 3 a 13 de agosto deste ano.

Com First Cow (2019), o filme de abertura em Locarno 2020, o cinema de Kelly Reichardt garantiu o seu lugar definitivo como um dos inovadores formais e poéticos mais emocionantes do cinema norte-americano, uma autora que lança uma nova luz sobre a América e as suas histórias. O Festival de Cinema de Locarno celebra esta figura inovadora com a premiação do Pardo d’onore dada anualmente a uma personalidade marcante no cinema de todas as épocas.

First Cow (2019), Kelly Reichardt

“Consideramos o 75º aniversário do Festival não apenas como um momento em que olhamos para trás ao longo dos anos, mas também como uma oportunidade de imaginar o futuro. A decisão de homenagear Kelly Reichardt, referência para o cinema contemporâneo que está vivo e em constante desenvolvimento, reflete o nosso desejo de olhar para frente, abraçando a diversidade e a mudança. Como expressão da capacidade inesgotável do cinema americano de se reinventar, Kelly Reichardt é talvez a cineasta mais emocionante a trabalhar nos nossos dias.” – afirmou Giona A. Nazzaro, diretora artística do Festival de Cinema de Locarno.

O Leopardo de Honra do Locarno Film Festival foi entregue a cineastas como Manoel de Oliveira, Bernardo Bertolucci, Ken Loach, Jean-Luc Godard, Werner Herzog, Agnès Varda, Michael Cimino, Marco Bellocchio, John Waters e, em 2021, John Landis.

Skip to content