FesTrofa 2015_1

Organizado pelo CineClube da Trofa, o FesTrofa 2015 – I Mostra de Cinema Luso-Brasileiro, é uma mostra de cinema que irá realizar sessões de cinema luso-brasileiro, desde dos tempos primórdios até agora. A Mostra de Cinema irá realizar-se entre 25 a 29 de março, no Auditório da AEBA, na Casa da Cultura da Trofa e no Teatro Alves da Cunha.

“No primeiro ano da mostra, a organização pretende, de forma profissional e responsável uma estreia grandiosa. Para que tal seja possível e num evento com tal envergadura exista um forte suporte financeiro e logístico para garantir a todos os visitantes o êxito deste festival. (…) Queremos dar a possibilidade para que todos os nossos patrocinadores e colaboradores possam e venham a contribuir para que este festival tenha um presente e um futuro.”

Vão ser homenageados os artistas portugueses António Silva, Vasco Santana e Beatriz Costa e os artistas brasileiros José Wilker e Paulo Gracindo. Está também prevista a homenagem às carreiras de Lima Duarte e do “padrinho” do evento Ruy de Carvalho, com a entrega de um prémio carreira, bem como aos realizadores Manoel de Oliveira e Henrique Espirito Santo. Será entregue um prémio Carreira Internacional a Joaquim de Almeida, bem como prémio excelência pelo contributo às artes cénicas e do espectáculo a Nicolau Breyner.

Haverá ainda outra homenagem a dois realizadores portugueses e um realizador brasileiro, com a exibição dos maiores êxitos destes três cineastas, sendo os portugueses os consagrados Manoel de Oliveira e António Pedro Vasconcelos, e o brasileiro, Fernando Meirelles.

Vão realizar-se workshops de realização e produção, que irão contar com a presença do ilustre produtor Paulo Branco, bem como do realizador João Canijo. No workshop de técnicas de representação, estarão presentes os atores Soraia Chaves, Ricardo Carriço, Joaquim de Almeida e Jorge Corrula, bem como de um professor da Escola Superior de Artes Cénicas. Haverá ainda espaço para tertúlias com o tema “A evolução do cinema em Portugal” e “Cinema Luso-Brasileiro: qual o seu futuro?”.

No programa destaque ainda para a exibição de filmes como “O Vale de Abraão” e “O Convento”, de Manoel de Oliveira, bem como “O Ensaio sobre a cegueira” e “Cidade de Deus”, de Fernando Meirelles.

A organização do evento conta com o apoio das seguintes entidades: Embaixada do Brasil, ICA – Instituto de Cinema e Audiovisuais, Cinemateca Nacional,  ANCINE – Agencia Nacional de Cinema do Brasil e da AEBA – Associação Empresarial do Baixo Ave.

 

 

1º Dia – Sob o tema “Evolução do Cinema em Portugal – Homenagem aos Actores António Silva, Vasco Santana e Beatriz Costa”

Casa da Cultura

19h00 – A Canção de Lisboa (1933)

21h00 – Adão e Eva (1995)

Auditório da AEBA

18h30 – As Pupilas do Senhor Reitor (1933)

21h30 – Tentação (1997)

Teatro Alves da Cunha

18h00 – O Pai Tirano (1941)

21h15 – O Crime do Padre Amaro (2005)

 

2º Dia – Sob o tema “Cinema Brasileiro” – Homenagem aos Actores José Wilker e Paulo Gracindo

Casa da Cultura

19h00 – Tropa de Elite (2007)

21h00 – Minutos Atrás (2013)

Auditório da AEBA

18h00 – Amor Bandido (1979

21h30 – A Selva (2002)

Teatro Alves da Cunha

18h30 – Meu Pé de Laranja Lima (2012)

21h15 – Dona Flor e Seus Dois Maridos (1976)

 

3º Dia – Sob o tema “Dia do Realizador – Homenagem da Manoel D’Oliveira, António Pedro Vasconcelos e Fernando Meirelles”

Casa da Cultura – António Pedro Vasconcelos

19h00 – A Bela e o Paparazzo (2010)

21h00 – Os Imortais (2003)

Auditório da AEBA – Fernando Meirelles

18h00 – Ensaio Sobre a Cegueira (2008)

21h30 – Cidade de Deus (2002)

Teatro Alves da Cunha – Manoel D’Oliveira

18h30 – Vale Abraão (1993)

21h15 – O Convento (1995)

 

4º Dia – Sob o tema “Dia do Actor – Homenagem a Lima Duarte, Ruy de Carvalho e Nicolau Breyner”

Casa da Cultura

19h00 – Inferno (1999

21h00 – O Rio do Ouro (1998)

Auditório da AEBA

18h30 – Call Girl (2007)

21h30 – Corrupção (2007)

Teatro Alves da Cunha

18h00 – Assalto ao Banco Central (2011)

21h15 – Capitães de Abril (2000)

 

5º Dia – Sessão de Encerramento

Auditório da AEBA

18h15 – Os Últimos Dias de Getúlio (2014)

Teatro Alves da Cunha

19h15 – Capitães de Areia (2011)