Fundo de Apoio ao Cinema associa-se a plataforma de crowdfunding

Fundo de Apoio ao Cinema

O Fundo de Apoio ao Cinema, fundado em 2011 pela associação cultural Zero em Comportamento, organizadora do Festival IndieLisboa, funciona como um instrumento complementar de apoio à produção de filmes portugueses ou de outros países da comunidade lusófona (CPLP), ao qual apenas se podem candidatar projectos de filmes e/ou filmes ainda não finalizados, que não obtiveram nenhum subsídio público de relevo, embora possam ter obtido outros apoios ou financiamentos. O Fundo de Apoio ao Cinema pretende ser um instrumento adicional de apoio aos financiamentos actualmente existentes em Portugal, com uma periodicidade anual.

“Em Portugal há cada vez mais cineastas emergentes que apesar dos constrangimentos financeiros continuam a filmar e a contribuir para o crescimento do cinema nacional. Com os cortes sucessivos do Governo Português, o Fundo de Apoio ao Cinema adquiriu um papel fundamental no apoio e reconhecimento destes cineastas.”

Na primeira edição foi apoiado apenas um projecto, “Palácios” de Pena de Gabriel Abrantes e Daniel Schmidt. Já na segunda edição, foram apoiados quatro projectos: “Má Raça” de André Santos e Marco Leão, “Revolução Industrial” de Tiago Hespanha e Frederico Lobo, “Bibliografia” de Miguel Manso e João Manso e “Terra” de Pedro Lino.

Nesta terceira edição o número de candidaturas superou o número da edição anterior, tendo sido validadas 58 candidaturas. A origem dos projectos é maioritariamente portuguesa, havendo 4 oriundos do Brasil e 1 de Angola. Assim, o Fundo de Apoio ao Cinema precisa de cinco mil euros para aumentar o potencial da capacidade de apoio tão necessária para a concretização dos 58 submetidos. A data de anúncio dos vencedores prevista para novembro será adiada para data a ser anunciada, devido a esta campanha de crowdfunding.

Para apoiar o Fundo de Apoio ao Cinema aceda a http://www.zarpante.com. O link do projeto: http://zarpante.com/investment/fundo-de-apoio-ao-cinema-2013-1176.