Morreu a atriz Josephine Hannah Chaplin

Josephine Chaplin (1949-2023) Josephine Chaplin (1949-2023)

Morreu a atriz Josephine Hannah Chaplin, filha de Charlie Chaplin e da sua quarta esposa Oona O´Neill, aos 74 anos, no passado dia 13 de julho. A notícia foi avançada esta sexta-feira, 21 de julho, pela família Chaplin e pelo jornal francês Le Figaro.

Em comunicado, no site oficial de Charlie Chaplin, a família escreveu a seguinte mensagem: “É com profundo pesar que partilhamos a notícia do falecimento de Josephine Hannah Gardin-Chaplin, filha de Charlie Chaplin e Oona O’Neill, na quinta-feira, 13 de julho de 2023. Ela faleceu em paz, rodeada pela sua amada família e amigos. Durante anos, Josephine administrou os escritórios de Chaplin em Paris em nome dos seus irmãos, até que se despediu para cuidar do seu marido Jean-Claude Gardin.”

Nascida em 1949, em Santa Monica, na Califórnia, Josephine começou a sua carreira no cinema desde muito nova, tendo aparecido em breves cenas nos filmes Luzes da Ribalta” (1952) e A Condessa de Hong Kong” (1967), o último filme do seu pai Chaplin.

Em 1972, ganha destaque em filmes de produção europeia como Os Contos de Canterbury”, de Pier Paolo Pasolini, eCaçador de Escândalos”, de Richard Balducci. Em 1974, a atriz participa em comédias como “Os 4 Malucos Mosqueteiros” e Um Por Todos… Todos Por Um”, ambos de André Hunebelle, e no thriller policial europeu de Georges Franju, “Noites Vermelhas”, ao lado de Gayle Hunnicutt e Jacques Champreux.

Seguiram-se ainda participações em filmes como Ela Tinha o Direito de Viver” (1976), de Jean-Louis BertuccelliEntre o Amor e o Medo” (1984), de Daniel Petrie, e Correspondência violada” (1985), de Claude Chabrol. Na década de 1980 trabalhou em várias séries de televisão, como a mini série Hemingway”.

Josephine Hannah Chaplin (1949-2023) é a quarta filha de Charlie Chaplin, de um total de 11, a falecer.

Skip to content