Morreu Gordon Willis

Gordon Willis

O “príncipe das trevas”Gordon Willis, morreu no passado dia 18 de maio, aos 82 anos. Conceituado director de fotografia americano que definiu as luzes e sombras do cinema de Hollywood dos anos 70. Uma das suas características, que o diferenciava dos outros directores de fotografia, era a “preferência por filmar no horário mágico, pouco antes do crepúsculo do sol, quando o sol está fraco e cria um fulgor dourado”.

Um dos seus trabalhos mais reconhecidos de sempre é a trilogia “O Padrinho”, realizada por Francis Coppola. Foi também responsável pela fotografia de alguns filmes de Woody Allen, como “Annie Hall” (1977), “Manhattan” (1979), “Zelig” (1983) e “A Rosa Púrpura do Cairo” (1985). Trabalhou ainda em filmes como “Os Homens do Presidente” (1976) e “Presumível Inocente” (1990).

Foi nomeado duas vezes ao Óscar de Melhor Fotografia, tenho ganho apenas em 2010 o Óscar honorário pelo seu trabalho e grande contributo para o cinema.