O Museu Chaplin’s World foi eleito o melhor museu da Europa em 2018 pela European Museum Academy. O Chaplin’s World recebeu o prémio da fundação Luigi Micheletti durante uma cerimónia realizada na Dinamarca, no passado dia 23 de setembro.

Este prémio atribuído pela fundação Luigi Micheletti, entregue anualmente, foi criado com o objectivo de reconhecer os resultados excepcionais de organizações, investigadores e instituições culturais na criação de museus inovadores ou na realização de estudos e na realização de projectos de nível internacional.

O Museu, inaugurado a 16 de abril de 2016, já foi visitado por mais de 677 mil pessoas, oriundas de mais de 177 países, que viajaram até Corsier-sur-Vevey, na chamada Riviera Suíça, para conhecer a casa do lendário ícone do cinema, Charlie Chaplin. Casa onde passou os últimos 25 anos da sua vida, depois de ter sido impedido de entrar nos EUA nos anos 1950 por suspeitas de ser simpatizante comunista, com a sua mulher Oona e os seus oito filhos, até 1977 (ano da sua morte). A casa ficou abandonada desde 2008, pelo que precisou de levar um grande trabalho de renovação.

Com vista para o Lago de Genebra, a grande mansão neo-clássica (do século XVIII) onde Chaplin viveu com a sua família os últimos anos de vida, transformou-se numa parte do museu, e a outra parte num edifício em separado que se dedica à sua obra feita em Hollywood.

Este museu promete uma experiência de multimédia única e rica sobre a vida e obra de Chaplin, que reúne um grande espólio de fotografias, películas e documentos. “Uma grande variedade de descobertas, experiências e emoções evocadas através de métodos de comunicação interativa e virtuais.”

O Chaplin’s World é mais do que um museu. É também um centro cultural, com constante mudança exposições permanentes e temporárias, apresentações cinematográficas, um fórum ao ar livre, programas culturais, vários festivais e uma galeria de arte atraindo os melhores artistas gráficos de todo o mundo. Oferece ainda um parque coberto de árvores com mais de 60 000m² e um café-restaurante que irá servir comida ‘inspirada em Chaplin’ durante o dia. À noite, transforma-se num restaurante gourmet.

Em 2019 o museu celebrará o 130º aniversário de Charlie Chaplin, pelo que o programa das comemorações do aniversário serão conhecidas em janeiro.

Ver site do Museu