Óscares 2024: “Mal Viver”, de João Canijo, é o filme português candidato a melhor filme internacional

Mal-Viver-Joao-Canijo-2022-1 Mal-Viver-Joao-Canijo-2022-1

“Mal Viver”, de João Canijo, é o filme português candidato à categoria de Melhor Filme Internacional, na 96.ª edição dos Prémios da Academia Americana de Cinema, revelou hoje a Academia Portuguesa de Cinema (APC).

O filme foi o mais votado entre os membros da APC, que decorreu entre 15 de agosto e 12 de setembro. Em consideração estavam também “Légua”, de Filipa Reis e João Miller Guerra (Uma Pedra no Sapato), “Nayola” de José Miguel Ribeiro (Praça Filmes), e “Viver Mal”, também de João Canijo (Midas Filmes).

“Mal Viver” e “Viver Mal”, o díptico de João Canijo, com produção e distribuição da Midas Filmes, deram a Canijo o Urso de Prata – Prémio do Júri no Festival de Berlim 2023. “Mal Viver”, que surge como a primeira parte de um díptico, conta a história de uma família de cinco mulheres que herdaram um hotel e que o tentam salvar da ruína, vivendo nele um conflito antigo e irresolúvel durante um fim de semana, enquanto os clientes vão e vêm. É um filme sobre a ansiedade de ser mãe e como isso provoca incapacidade de amor incondicional. Três gerações de mulheres vítimas da ansiedade das suas mães.”

Se em “Mal Viver” o foco é a família dona do hotel e as suas relações frágeis, à beira do colapso, “Viver Mal” é um espelho desse filme, invertendo-se a perspetiva para os clientes do hotel, que no primeiro eram quase fantasmas, figurantes, passando a ter agora o papel de protagonistas neste segundo filme.

“Mal Viver” foi também premiado com o Prémio de Melhor Realizador no Festival de Montevideo e o Grande Prémio e o Prémio do Público no Festival de Las Palmas de Gran Canária, em Espanha. O elenco é composto por Rita Blanco, Anabela Moreira, Cleia Almeida, Vera Barreto, Madalena Almeida, Nuno Lopes, Beatriz Batarda, Leonor Silveira, Rafael Morais, Lia Carvalho, Filipa Areosa, Carolina Amaral e Leonor Vasconcelos. “Mal Viver” é o terceiro filme português mais visto do ano, com 16 mil espectadores.

Portugal é o país que mais vezes submeteu filmes à nomeação da categoria de Melhor Filme Internacional, não tendo conseguido qualquer nomeação uma única vez. Ao todo, contam-se 39 derrotas, desde 1980.

A 96.ª edição dos Óscares acontece no dia 10 de março de 2024, em Hollywood, Los Angeles.

Skip to content