O magnífico filme “Tabu” de Miguel Gomes, vencedor do prémio Alfred Bauer e FIPRESCI do Festival de Berlim 2012, está entre os três finalistas aos prémios LUX, atribuídos pelo Parlamento Europeu, sendo o segundo filme português a ser finalista, depois de “Belle Toujours” (2007) de Manoel de Oliveira.

 

Nesta 6ª edição dos prémios europeus LUX, “Tabu” concorre juntamente com “Just the wind” de Bence Fliegauf (Hungria) e “Shun Li and the Poet” de Andrea Segre (Itália). O vencedor será anunciado em novembro, eleito pelos membros do Parlamento Europeu, podendo ser legendado e distribuído pelos países oficiais da União Europeia.

 

O cinema português continua a provar a sua elevada qualidade a nível mundial.